Semas apresenta “Amazônia Agora” em reunião com organizações não-governamentais

09/04/2020 00h28 | Atualizado em 09/04/2020 00h28 Por ASCOM

A macroestratégia “Amazônia Agora”,  apresentada pelo governador Helder Barbalho durante participação na COP 25, em Madrid, no final de 2019, foi a pauta principal de uma reunião, nesta quarta-feira (08), entre a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) e organizações não-governamentais.

Estiveram presentes, por meio de videoconferência, o titular do órgão ambiental estadual, Mauro O’de Almeida, os secretários Adjuntos de Gestão e Regularidade Ambiental da secretaria, Rodolpho Zahluth Bastos e de Recursos Hídricos e Clima, Raul Protázio, o diretor de Planejamento Estratégicos e Projetos Corporativos da Semas, Wendell Andrade, além dos  representantes das organizações: Imaflora; Imazon; IPAM; Instituto socioambiental Programa Xingu;Instituto Peabiru; TNC – The Nature Conservancy e COIAB.

Durante o encontro, os representantes tiraram dúvidas sobre as ações da macroestratégia “Amazônia Agora” e debateram ideias para futuras ações conjuntas. A expectativa é que nos próximos dias essas instituições apresentem o que tem feito de projeto do território e, que isso, possa ser incorporado pela macroestratégia, de modo que se tenha governo e sociedade trabalhando de forma complementar.

” Isso é uma construção coletiva. A gente não faz nada sozinho. A colaboração da sociedade civil, seja do poder público ou organizações não-governamentais, é fundamental”, ressalta o titular da Semas, Mauro O’de Almeida.

Outro assunto abordado na videoconferência, foi o Fundo Amazônia Oriental, estratégia de financiamento ambiental pautada em colaborações privadas em prol do fortalecimento das políticas públicas focadas em meio ambiente e desenvolvimento no Pará.

Comissão Executiva Força Estadual

Ainda na tarde desta quarta-feira (08), também foi realizada,  por meio de videoconferência, uma reunião dos integrantes da Comissão Executiva da Força Estadual de Combate ao Desmatamento, responsável pelo planejamento das execuções das fiscalizações. No encontro, foram traçadas as estratégias operacionais e metas a serem atingidas a partir de maio.

A Força Estadual de Combate ao Desmatamento é um dos quatro pilares do “Amazônia Agora”. Foi instituída em fevereiro deste ano, após decreto assinado pelo governador do Pará, Helder Barbalho, e reúne seis órgãos: o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-Bio), Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Polícia Civil integram a Força Estadual, sob coordenação da Semas.

Veja Também