Territórios pela Paz terá atuação permanente da Semas

Decreto que cria o programa Territórios pela Paz (TerPaz) foi assinado pelo governador Helder Barbalho, na segunda-feira (10). Esse documento cria uma estratégia que integra ações de segurança pública e sociais, em bairros de municípios da Região Metropolitana de Belém (RMB). O governo visa à construção de uma sociedade com mais paz e justiça social. Equipes da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) atuarão nos bairros durante os períodos previstos para as ações.

A Secretaria de Articulação pela Cidadania (Seac) coordena o Projeto, que vai contemplar sete territórios da Região Metropolitana, cinco na capital – bairros do Guamá, Jurunas, Terra Firme, Benguí e Cabanagem -, um no município de Ananindeua (Icuí) e outro em Marituba (Nova União).

A Semas atuará no TerPaz, com práticas educativas e socioambientais em escolas, centros comunitários, Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e outros espaços, de forma articulada, integrada, participativa e contínua, voltada ao combate da violência e da criminalidade, para contribuir à reversão da insegurança, pelas estratégias da prevenção e da inclusão social. Na formação de agentes ambientais, a instituição pretende gerar multiplicadores para estimular processos educativos de transformação ética e política. No incentivo à compostagem, o órgão ambiental quer mostrar uma alternativa limpa e sustentável aos resíduos orgânicos produzidos nos bairros.

O secretário adjunto de Gestão e Regularidade Ambiental, da Semas, Rodolpho Zahluth Bastos, orienta que Territórios pela Paz ou Territórios da Pacificação é uma ação multisetorial e multicidadã do governo do estado englobando diversas ações de políticas públicas de forma abrangente em bairros de municípios da RMB, que mais precisam.

Vamos atuar em quatro ações: na formação de agentes ambientais e ações de educação ambiental – para um público infantojuvenil -, e ainda com a formação de educadores comunitários e por fim com compostagem doméstica e comunitária nos bairros, possivelmente evoluindo para política de criação de hortas urbanas. Estamos também em conversa com outras entidades públicas e privadas, para maximizar ações efetuadas pela Semas”, revela o secretário adjunto do órgão gestor ambiental do Pará.

TerPaz – O projeto Territórios pela Paz já soma 116 projetos envolvendo 27 secretarias e órgãos púbicos do Estado, que trabalharão de forma conjunta. As ações específicas começam a partir do dia 12 de junho, com a entrada da segurança pública nas áreas. Haverá um incremento significativo, com força policial e quantitativo preparado e qualificado para a proposta.

Siga a Semas nas redes sociais!

Semaspara

Semaspara

Semaspara