Inauguração da biblioteca da Semas estimula pesquisa e conhecimento ambiental

 

Belém, 26/12/18 – Assinatura de dois Termos de Cooperação Técnica entre a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) e as universidades Estadual do Pará (Uepa) e Federal Rural da Amazônia (Ufra), ambos para o desenvolvimento de atividades de regularização ambiental, foi o ponto alto da inauguração da Biblioteca da Semas, na quarta-feira (26), no prédio sede do órgão de gestão ambiental do Pará. O descerramento da placa de inauguração foi realizado pelo secretário da Semas Thales Belo, as três secretárias adjuntas da instituição e representantes da biblioteca e de outros setores da Semas.

A nova Biblioteca da Semas tem uma estruturada para disponibilizar a informação ambiental. Um ambiente com salas totalmente reformuladas, apropriadas para leitura e pesquisa sobre meio ambiente.  Aberta ao servidor e ao público em geral, disponibiliza espaço para estudo, uma sala de ambiente multimídia, sala infantil, área de leitura em mais de 200 m². Há espaço administrativo, banheiros e copa.

O titular da Semas Thales Belo disse que visitou muito esse espaço na época em que era estagiário e que o acervo da Semas tem que ter uma máxima visibilidade. A funcionalidade da biblioteca está voltada à educação ambiental, à agenda da floresta e hídrica, e um espaço para crianças.“É uma obra do Estado, onde a Semas compartilha o ensino ambiental para a sociedade. Ainda vamos aproveitar esse espaço para fazer muita pesquisa”. O secretário estava ao lado dos representantes das universidades públicas, Eliane Coutinho, da Uepa; Robson Carrera, da Ufra; e da arquiteta da Semas Lília Santos, autora do projeto.

A secretária adjunta da Semas, Diana Castro, destaca a importância do acordo de cooperação técnica com a s universidades que já fazem um trabalho com o órgão. “É um convite para a sociedade fazer parte desse sonho concretizado”. Socorro Colares, falou que é uma mudança muito grande para a secretaria. “Agradeço a cada trabalhador. Tenho orgulho dessa obra, a educação é tudo”. A adjunta Verônica Bittencourt disse que na condição de professora sabe a importância da biblioteca. “Trazer nossos filhos e apresentar nosso ambiente de trabalho com profissionais preparados para incentivar a leitura é muito importante”.

O acervo da biblioteca da Semas tem aproximadamente 10.000 itens documentais entre livros, folhetos, periódicos, vídeos, cds, dvds, sendo composto por meio da compra e também de pedidos de doações para instituições especializadas em meio ambiente de diversas instituições como o Ministério do Meio Ambiente (MMA), Banco da Amazônia (Basa), Museu Paraense Emílio Goeld, Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM) e Instituto Florestal (IF) de São Paulo, entre outras.

Márcia Campos, bibliotecária da Semas,  disse que esse momento é de valorização do profissional e o reconhecimento para a biblioteconomia. “Estou emocionada, peço a todos os servidores presentes, vamos utilizar o espaço infantil multimídia, trazer as escolas para adquirirem o conhecimento ambiental disponibilizado na biblioteca”, ressaltou.

O evento teve participação do cantor Leon Santana, estagiário da Semas. A biblioteca funciona de 8h às 17h e os empréstimos estão disponíveis aos servidores da Semas e as consultas estendem-se ao público externo.

Ascom Semas