Seminário direcionado a municípios discute gestão das águas no Pará

  

Belém, 24/5/18 – A divulgação da Política Estadual de Recursos Hídricos é o principal interesse da Diretoria de Recursos Hídricos (Direh), da Semas, ao promover o Seminário sobre Gestão de Recursos Hídricos, na quinta-feira (24), direcionado a técnicos e gestores de secretarias municipais de Meio Ambiente das regiões Metropolitana de Belém (RMB) e do arquipélago do Marajó.

Segundo o gerente de Apoio à Gestão Participativa, da Diretoria de Recursos Hídricos, Alan Silva, o seminário também tem também o objetivo de possibilitar o conhecimento sobre a gestão dos recursos hídricos “para fins de desenvolvimento sustentável”.

Na programação, no auditório da sede do órgão ambiental, a pedagoga Sonayra Rebelo, da Direh, apresentou a evolução da gestão participativa dos recursos hídricos. As etapas de diagnóstico, prognósticos, diretrizes, metas e demais necessidades, como capacitações, campanhas, seminários e palestras promovidos pela Gerência de Apoio à Gestão Participativa, da Semas, para promover integração e conhecimento entre os usuários.

Os aspectos legais e institucionais da gestão dos recursos hídricos foram abordados pela bióloga Lucyana Batista. O oceanógrafo Diogo Oliveira, da Diretoria de Meteorologia e Hidrologia, apresentou dados e informações hidrometeorológicas para a gestão das águas.

A outorga de direito de uso da água foi explicada por uma equipe da Semas formada pela engenheira sanitarista Ana Carolina, pela engenheira ambiental Raisa Nicole e pela geóloga Maryelle Ferreira, que demonstrou os cuidados que se deve ter ao conceder outorga. Demonstrou que a ida em campo é fundamental para checagem de informações declaradas nos processos de solicitação de outorga.

A secretária de Meio Ambiente do município de São Sebastião da Boa Vista, localizado no arquipélago do Marajó, Maria Raimunda de Albuquerque – acompanhada pela engenheira sanitarista ambiental, Layane Vieira – disse que o seminário vai ajudar o município no licenciamento ambiental da piscicultura, de centros de lazer e no projeto de abastecimento de água do município, por meio de poços e estações de tratamento. “Viemos exclusivamente para tomar conhecimento e tirar dúvidas, para saber até onde chega nossa competência municipal”, declarou.

Ascom Semas

 

 

 

 

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará