Profissionais da Semas recebem orientações físicas e alimentares na Semana da Saúde

  

Belém, 06/4/18 – O bem-estar físico e nutricional dos servidores e demais colaboradores da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) no ambiente de trabalho esteve entre as finalidades da Semana da Saúde, de terça-feira (3) até sexta-feira (6), na sede da Semas. Palestras com orientações alimentares, aferições da pressão arterial e da glicose e estímulos a hábitos saudáveis estiveram na programação dedicada aos profissionais do órgão ambiental.

A Semana da Saúde, coordenada pela Gerência de Treinamento, Desenvolvimento e Avaliação (GTD), da Coordenadoria de Gestão de Pessoas, buscou incentivar no servidor um comportamento salutar visando ao bem-estar de maneira geral, com ações de prevenção a doenças, atividade corporal e orientações nutricionais, com preparo de alimentação saudável.

No primeiro dia do evento, as orientações foram direcionadas para a importância de se manter uma alimentação saudável e reduzir os riscos de doenças crônicas não transmissíveis. O equilíbrio alimentar previne diabetes, obesidade, hipertensão e outras enfermidades. Salada de frutas orgânicas foi preparada e distribuída entre os participantes. Houve ainda medição do Índice de Massa Corporal (IMC) dos participantes.

Na quarta-feira, 4, os servidores da Semas participaram de atividades físicas para preparar o profissional ao cotidiano. Aula de ginástica oriental com a terapeuta ocupacional, Luciana Amorim e com a fisioterapeuta Aline Couto. “Utilizei a técnica do Lian Gong, utilizada para trabalhar problemas osteomusculares e articulares. Essa prática é difundida no mundo todo, já é utilizada pelo Sistema Único de Saúde, além de ser de fácil aceitação do público”, complementou Luciana.

O projeto AgroVárzea, montou uma feira com alimentos orgânicos, sem agrotóxicos, na quinta-feira (5), produzidos em áreas de proteção ambiental. O projeto objetiva consolidar as propriedades como referência para a agricultura familiar em base agroecológicas e o turismo rural de forma organizada e produtiva.

Os agricultores são assessorados pelo AgroVárzea, mantido pela Gerência da Região Administrativa de Belém (GRB) do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-bio). O projeto fornece assistência técnica em toda a cadeia de produção. Além da comunidade do Abacatal e do Revis Metrópole da Amazônia, o AgroVárzea trabalha também com comunidades das Áreas de Proteção Ambiental Ilha do Combu e Belém.

No encerramento, na sexta-feira, 6, ocorreu palestra sobre os distúrbios do sono proferida pela otorrinolaringologista, Maria Cláudia Soares, que deu orientações para eliminação de maus hábitos na hora de dormir e ainda a quantidade de sono necessário a cada fase da vida, entre outras indicações. Outra palestra sobre a prática de atividades físicas deu destaque para o uso da bicicleta. No final, houve sorteio de uma bike entre os participantes. A premiada foi a servidora Jackeline Lisboa da Silva, da Diretoria de Gestão Administrativa e Financeira.

Integrantes da Secretaria de Administração (Sead), Secretaria de Saúde do Pará (Sespa), Universidade da Amazônia (Unama), Secretaria de Saúde de Belém (Sesma), Santa Casa, Secretaria da Juventude Esporte e Lazer (Sejel) e da Agrovárzea, também participaram do evento.

Ascom Semas

 

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará