» Governo do Estado notifica empresa para atender prazo SEMAS | Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade

Governo do Estado notifica empresa para atender prazo

Belém, 24/02/18 – Iniciou neste sábado, 24, o prazo que o Governo do Estado deu para que a empresa de alumínio Hydro Alunorte adote procedimentos e mecanismos seguros ambientalmente, a fim de que as bacias de resíduos da empresa baixem os níveis em pelo menos um metro – o que é definido tecnicamente como padrão de segurança com comprovação permanente da redução e manutenção dos níveis.

Uma equipe de fiscalização da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) está no município para fazer o monitoramento dos níveis das bacias do sistema de tratamento dos rejeitos da Bauxita. “Vamos montar equipes para, de duas em duas horas, avaliar o nível das bacias. Em caso de chuva o monitoramento será feito de uma em uma hora”, explicou Rejiane Santos, geóloga da Diretoria de Licenciamento Ambiental da Semas.

De acordo com Elvis Barreto, agente de fiscalização da Semas, foi percebido que, de quinta-feira para cá, já houve diminuição no nível da bacia.

A geóloga da Semas também informou que a empresa recebeu, neste sábado, outra notificação com a solicitação de alguns itens: a garantia de distribuição de água para as comunidades que foram contaminadas; indicar representantes para acompanhar as vistorias que passarão a ser realizadas diariamente; imagens das câmeras do dia do incidente para saber o que houve de fato; e um diagnóstico ambiental da área (de solo e da água – superficial e subterrânea).

Caso isso não ocorra até a próxima segunda-feira, 26, o Estado tomará outras medidas, que já estão sendo estudadas pela Procuradoria-Geral do Estado (PGE).

Ações – O trabalho integrado entre o Governo do Estado e a prefeitura de Barcarena segue durante todo o fim de semana nas comunidades de Bom Futuro, Vila Nova e Bujaruba, que estão localizadas próximas à mineradora. Equipes da Defesa Civil Estadual e da prefeitura continuam entregando os garrafões de água potável aos moradores.

A distribuição de água potável é uma das medidas emergenciais determinadas pelo Grupo de Trabalho do Governo do Estado à mineradora Hydro Alunorte. Composto por vários órgãos do Estado para atuação conjunta e integrada, o grupo tem como foco principal a saúde das pessoas das comunidades próximas do local e do meio ambiente, realizando ações imediatas e monitoramento permanente, além de solicitar a tomada de medidas preventivas, por conta do alto volume de chuvas nesse período.

Cerca de 400 famílias foram cadastradas pela Secretaria de Assistência Social do município. Esse número, segundo a Defesa Civil estadual, pode aumentar. “Se a família estiver em um local onde exista probabilidade de ter sido afetado, pedimos que procure imediatamente a secretaria para se cadastrar. Pedimos que não usem a água das torneiras nem para banho nem para consumo”, orienta o major Thiago Carvalho, coordenador da Divisão de Operações da Defesa Civil do Estado.

A Defesa Civil ratifica ainda a necessidade da população procurar um posto médico se aparecerem sintomas como pele queimada e mal estar, pois podem ser indícios de contaminação. “É importante que as pessoas atendam a este pedido, pois ajudará no monitoramento desta situação”, pontua major Thiago. (Com informações de Lidiane Sousa – Secom)

Por Governo do Estado do Pará 

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará