Governo do Pará recepciona lideranças das aldeias da Tribo Paquiçamba

  

Belém, 13/12/17 – O secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Luiz Fernandes Rocha, o secretário adjunto de Gestão e Regularidade Ambiental, Thales Belo, além da diretora de Licenciamento Ambiental, Edna Corumbá, recepcionaram membros da Associação Indígena Yudjá Miratu da Volta Grande do Rio Xingu (AYMIX), Associação Indígena Korina Juruna da Aldeia Paquiçamba (AIKOPUJA) e Associação Indígena Juruna Unidos da Volta Grande do Rio Xingu (AJUVX). As lideranças das três aldeias da Tribo Paquiçamba estiveram na sede da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) nesta terça-feira, 12/12. A comitiva entregou o documento intitulado Protocolo de Consulta Juruna (Yudjá) da Terra Indígena Paquiçamba da Volta Grande do Xingu, elaborado pelo povo Juruna, pertencente à Terra Indígena Paquiçamba, em Vitória do Xingu, PA.

Os representantes frisaram que o documento é de extrema importância para o povo, diante da relação com os órgãos de estado e para a sequência de um diálogo do povo Juruna com a Secretaria de Meio Ambiente. Em pauta, estiveram os impactos ambientais do projeto Volta Grande. Titular da Semas, Luiz Fernandes afirmou que o Estado do Pará sempre se pautou pelo diálogo com as comunidades tradicionais.

Luiz Fernandes também detalhou que o Estado do Pará tem em sua estrutura o Centro Integrado de Monitoramento Ambiental (Cimam), inaugurado no mês de março deste ano, que é uma ferramenta moderna utilizada na gestão e governança do Território Paraense. O Centro é utilizado para monitorar empreendimentos, além de gerar produção de conhecimento para assegurar ações efetivas de desenvolvimento harmônico e sustentável do território.

Luiz Fernandes convidou as lideranças indígenas para conhecerem as ferramentas de monitoramento. Com a estrutura, o Governo do Pará pretende possibilitar uma transformação nas relações do homem com o meio ambiente, revendo modelos de produção, viabilizando a economia sustentável, preservando as premissas da legalidade e, principalmente, estimular o combate à pobreza e à desigualdade e oferecendo ao soluções a manutenção da maior reserva de biodiversidade do planeta, a Floresta Amazônica.

Ascom Semas

 

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará