Servidores debatem sobre licenciamento com docentes e discentes da UEPA

Belém, 01/12/17 – A diretora dos Núcleos Regionais de Gestão e Regularidade Ambiental, Sylvia Santos, a coordenadora de Mineração, Shirley Soares Prata, e as técnicas Patrícia Cabral e Márcia Penalber, ambas da Gerência de Mineração, representaram a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) no seminário intitulado ‘As veias abertas da Volta Grande do Xingu: Análise dos impactos da mineradora Belo Sun sobre a região afetada por Belo Monte’.

A organização foi do Movimento Xingu Vivo para Sempre, Universidade do Estado do Pará- UEPA e Fundação Rosa Luxemburgo. A programação foi realizada no auditório Paulo Freire, da Universidade do Estado do Pará, na última terça-feira, 28.

Shirley Prata apresentou pela SEMAS as etapas do processo de licenciamento do projeto Volta Grande do Xingu. A diretora Sylvia Santos ressaltou a função desempenhada pela secretaria. “A Semas veio apresentar e debater sobre o licenciamento e as normas técnicas estabelecidas no computo desse licenciamento. Nós estamos disponibilizando todo esse processo, dentro do princípio da transparência do licenciamento. É por isso que viemos atender a demanda da comunidade acadêmica porque nós sabemos o quanto é importante, esse exercício de discussão para os futuros profissionais , diante da magnitude do projeto (nome do projeto) para o Estado do Pará.”, ressaltou.

As servidoras da Semas ressaltaram que a responsabilidade do Estado engloba monitoramento, fiscalização e acompanhamento. “Esse é que é o nosso papel, não é apenas emitir a licença, mas monitorar e acompanhar. Recentemente, foi inaugurado o Centro de Monitoramento do Governo do Estado, onde a Semas monitora todas essas licenças. É o papel que nós estamos desenvolvendo visando a sustentabilidade do Estado do Pará”, frisou Sylvia.

Ascom Semas

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará