Governo e especialistas debatem financiamentos para Agenda Urbana na Amazônia

89889_292134 89889_292110 89889_292128

Belém, 19/05/17 – Representantes do governo do Pará, de Estados e países da Amazônia, do Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos(ONU Habitat), além de empresários e organizações do terceiro setor, estiveram reunidos para mais um dia de debates sobre a implementação da Nova Agenda Urbana para a região. Também estiveram em pauta as formas de financiamentos para projetos desenvolvidos na Amazônia com a participação de recursos públicos e privados. O encerramento do encontro ocorreu na tarde desta quinta-feira (18), no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia, em Belém.

Durante os dois dias de evento, o grupo conheceu e compartilhou experiências para a formação do chamado Ecossistema de Fundos. A iniciativa, elaborada conceitualmente pelo Instituto Dialog, em parceria com a ONU Habitat, é baseada na complementariedade de financiamentos e em ações pensadas de forma conjunta. Uma oportunidade para articular investidores que já atuavam em projetos de sustentabilidade no Estado, para rediscutir e planejar novos investimentos na área ambiental que tem como projeto central o “Pará Sustentável”.

O governador Simão Jatene lembrou que o encontro em Belém é um desdobramento da proposta feita pelo Pará durante a III Conferência das Nações Unidas para a Habitação e o Desenvolvimento Urbano Sustentável (III ONU Habitat), realizada em Quito, capital do Equador, em outubro do ano passado. O evento internacional marcou o início das articulações para a criação do Modelo de Financiamento “Ecossistema de Fundos”.

“Nós tivemos a oportunidade de mostrar que era preciso ter um olhar particular sobre Amazônia, sobre os aglomerados humanos nessa região. Isso terminou ensejando a que programássemos esse evento, que reúne especialistas do mundo inteiro para discutir e identificar o que nos impede de fazer com que as nossas riquezas se transformem também em qualidade de vida para a nossa gente”, relatou Jatene.

Entre os pontos ressaltados nos debates está a utilização da tecnologia para garantir melhorias de vida à população. “Estamos muito próximos de dar um passo adiante na construção dessa nova forma de pensar a Amazônia. Teremos que lidar com desafios que incluem a questão da água, energia, mobilidade, coleta e destinação de lixo, entre outros, sempre tendo a sustentabilidade como base para esta mudança. E quanto mais a sociedade se apropriar desta ideia, mais êxito teremos”, ressaltou o governador.

O governador considerou importante a realização do “Mais Amazônia – Encontro de Especialistas para a Nova Agenda Urbana”. “Me sinto muito feliz em participar desse debate com especialistas nacionais e internacionais, que contribui para redefinir o modelo de desenvolvimento para Amazônia. O mais importante é que isso não é uma coisa para um futuro distante, é um programa que tem uma política pública, que tem objetivos de curto, médio e longo prazos e que nós já podemos começar a implementar juntos com os municípios aqui no Pará”, afirmou o governador Simão Jatene.

A participação das agências multinacionais foi outro ponto importante do evento, visto que isso possibilitou definir uma agenda que deve pautar os órgãos financiadores e orientar a implantação de projetos na Amazônia. Ao final do evento foram montados grupos para uma discussão mais afinada das propostas e possibilidades de investimentos e de ações propostas durante as reuniões.

No intervalo do painel de debates, os participantes do evento fizeram uma visita ao Parque do Utinga, um dos espaços mais procurados em Belém por quem aprecia o contato com a natureza, e que representa bem a sinergia entre cidade e floresta, além de ser um importante exemplo de desenvolvimento econômico sustentável na capital paraense. O espaço está passando por uma revitalização completa que habilitará a área como um dos mais importantes espaços para o turismo na Amazônia.

 

Agência Pará

Fotos: Antônio Silva e Cristino Martins

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará