Operação Barreira apreende mais de 9 mil caranguejos em período de defeso

whatsapp-image-2017-03-20-at-09-46-40 whatsapp-image-2017-03-20-at-09-46-49 whatsapp-image-2017-03-20-at-09-46-33-1

Belém, 20/03/2017 – Mais de 9 mil crustáceos da espécie caranguejo-uçá foram resgatados durante a Operação Barreira, realizada pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), em parceria com o Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA) da Polícia Civil, no último sábado (18), no município de Vigia, nordeste do Pará.

Três veículos estavam transportando as sacas com os caranguejos vivos para serem vendidos em feiras de Ananindeua e Belém. Os três motoristas foram autuados por crime ambiental. Os animais, capturados em período de defeso, foram resgatados e devolvidos à área de mangue no município de São Caetano de Odivelas.

No chamado período de defeso, o caranguejo-uçá sai da toca e caminha pelo mangue para a reprodução, o que o torna presa fácil aos pescadores. Para garantir a reprodução da espécie foram estabelecidos períodos em que a caça a esses animais é proibida: o defeso inicia no mês de janeiro e segue até abril, passando por três etapas: a penúltima ocorreu de 13 a 18 de março, e a última será de 28 de março a 02 de abril.

A equipe de fiscalização ambiental da Semas promove operações e realiza ações preventivas durante todo o período de defeso dos caranguejos, e continuará até abril. O órgão ambiental reforça que os consumidores podem ajudar na fiscalização, denunciando  as pessoas que comercializam os animais sem a devida declaração de estoque, documento que valida a comercialização do produto. A denúncia pode ser feita a qualquer órgão ambiental, já que a fiscalização compete a todos os órgão do Sistema Nacional do Meio Ambiente (Sisnama).

Ascom Semas

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará