Membros do governo da Indonésia visitam a Semas para conhecer o trabalho da secretaria

dsc_0051 dsc_0065 dsc_0037

Belém, 24/11/2016 – As medidas desenvolvidas pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) para cuidar dos recursos naturais do estado do Pará e garantir que sejam utilizados de forma consciente e sustentável continuam sendo referência para outros governos, no Brasil e no mundo. Durante esta quinta-feira (24), cinco membros do governo da República da Indonésia, localizada no sudeste asiático, estiveram na sede da secretaria para conhecer as políticas ambientais desenvolvidas pela Semas.

O modelo organizacional da secretaria foi apresentado, com explicações de como a estrutura atua na gestão das florestas, fauna, mineração, entre outras atribuições no estado. Ferramentas como o Cadastro Ambiental Rural (CAR), sistema de Passeriformes (Sispass) e o de Comercialização e Transporte de Produtos Florestais (Sisflora) foram apresentados aos visitantes, para ressaltar como a utilização da tecnologia pode combater o desmatamento e o uso ilegal de recursos naturais. Os membros do governo indonésio elogiaram as ferramentas. “Nós estamos muito felizes. Passamos anos pesquisando e conhecendo sistemas de preservação em vários lugares do mundo e nunca encontramos nada comparado ao que vimos aqui. É realmente desafiador”, explica Grahat Nagara, membro do ministério do meio ambiente da Indonésia.

Outro destaque do encontro foi a apresentação do Programa de Redução de Emissão de Gases do Efeito Estufa Provenientes do Desmatamento e da Degradação Florestal (Pregeed), que objetiva o monitoramento da emissão desses gases. O Programa trabalha, ao mesmo tempo, comando e controle, para combater o aquecimento global, que provoca drásticas mudanças climáticas. Estiveram presentes diretores e secretários adjuntos, trocando experiências e debatendo como a secretaria tem conseguido números positivos na missão de preservar o meio ambiente e promover o desenvolvimento sustentável da região.

Inteligência e segurança – A parceria com os órgãos de inteligência e segurança, como a Polícia Civil e Polícia Militar, apoiam o enfrentamento às fraudes que, se não forem coibidas, degradam o meio ambiente. Na reunião, a operação RIP, deflagrada este ano, foi lembrada como ação de sucesso no combate ao uso ilegal de recursos ambientais. Na ocasião, duas pessoas foram presas por tentar fraudar planos de manejo florestal.

Digital – O aplicativo Governo Digital, que recebe apoio da Semas, foi também um ponto importante debatido no encontro com os representantes do governo da Indonésia. O aplicativo é um exemplo da importância de estimular e facilitar a participação da sociedade na preservação da Amazônia, com integração de cidadãos e governo na defesa do meio ambiente, onde qualquer pessoa pode ajudar no combate à exploração ilegal de recursos naturais.

O secretário adjunto de regularidade ambiental, Thales Belo, avalia que este momento é crucial para mostrar os êxitos do trabalho desenvolvido pela Semas e aprender como outros países lidam com o combate à degradação ambiental e uso indevido de recursos naturais. “É sempre muito bom poder falar sobre o nosso trabalho e como ele tem gerado bons resultados no desenvolvimento sustentável e proteção dos recursos do nosso estado. Ao mesmo tempo em que conseguimos compreender como algumas peculiaridades, que também temos aqui na nossa região, podem sugerir melhorias para outros governos”, destacou Thales.

Os visitantes provaram sabores típicos da Amazônia, como cupuaçu e castanha, oferecidos pela secretaria como forma de boas-vindas e demonstrar receptividade na troca de expertise entre os governos.

Ascom Semas

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará