Novembro Azul da Semas orienta servidores sobre o câncer de próstata

Belém, 24/11/2016 – Romper a barreira do preconceito e estimular a ida dos homens ao médico para exames preventivos. Esses foram os objetivos da ação das Secretarias de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) e a de Saúde Pública (Sespa), nesta quinta-feira (25), no auditório do órgão ambiental. Uma atividade dedicada aos servidores, com informações sobre o câncer de próstata e testes rápidos de sífilis, HIV-AIDS, Hepatite – B e C e Glicemia. No total, foram disponibilizados 200 doses.

A ação faz parte da campanha “Novembro Azul”, que busca  informar sobre a doença, para diminuir o número de mortes, que segundo o Instituto  Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca), é a segunda enfermidade mais comum entre homens no Brasil, ficando atrás somente do câncer de pele não-melanoma. Ainda de acordo com o Inca, 61.200 novos casos de câncer de próstata  são estimados para ocorrer no Brasil em 2016. Na região Norte, são 29,50 casos por ano, para cada 100 mil habitantes , a menor do país.

A médica Andreia Miranda falou da importância da ação para ajudar a quebra de paradigma na relação do homem  dar mais atenção à saúde. “A prevenção é muito importante, quanto mais informação, menos preconceito, faz com que as pessoas mudem seu comportamento em relação à saúde e é isso que está acontecendo”. A doutora também lembrou que em caso de descoberta de alguma Doença Sexualmente Transmissível  (DST), o paciente deve buscar imediatamente tratamento em uma unidade de saúde. “Em caso de resultado negativo (não reagente), o homem tem a possibilidade de se prevenir. Dando positivo (reagente), deve-se começar o tratamento em uma unidade de referência. Em Belém tem a Casa Dia e a Uredipe [Unidade de Referência Especializada em Doenças Infecciosas Parasitárias Especiais], que é do estado”.

O câncer de próstata é considerado uma doença da terceira idade – cerca de três quartos dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos. O servidor Marinaldo Antônio Gonçalves, da Gerência de Controle de Transporte da Semas (Getran), está nessa faixa etária e destacou a iniciativa positiva para ajudar a esclarecer algumas dúvidas. “Toda Instituição deveria ter essa atitude e verificar a saúde do servidor que às vezes desconhece o problema. Só temos a agradecer por essa ação do governo.”

Ascom Semas

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará