Gestão ambiental do Pará é destaque em palestra da Sexta da Integração no TCE

  dsc_0142

  

Belém, 21/10/16 – A Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-bio) e o Programa Municípios Verdes (PMV) foram convidados para participar, nesta sexta-feira (21) da Sexta da Integração, evento promovido pelo Tribunal de Contas do Estado do Pará (TCE).

A Sexta da Integração é uma ação promovida periodicamente pelo Tribunal com o objetivo de atrair servidores das diversas áreas da gestão governamental para trocar informações e experiências no âmbito da administração pública com o TCE. Em sua 13ª edição, o evento contou com a palestra “A gestão ambiental no Estado do Pará”, ministrada pelo secretário de Meio Ambiente, Luiz Fernandes Rocha, e participação do presidente do Ideflor-bio, Thiago Valente, e secretário extraordinário do PMV, Justiniano Netto.

O Presidente e Conselheiro do Tribunal de Contas, Luís da Cunha agradeceu a presença de todos. “Reconheço que a responsabilidade da secretaria é grande e complexa. Mas estamos felizes por recebê-los aqui e conhecer mais sobre as ações na área do meio ambiente, que muito nos interessa. É a oportunidade que temos para conversar, alinhar nosso trabalho, compreender o trabalho da gestão pública do estado, trocar conhecimento para que a Semas possa melhorar o que já vem fazendo. Queremos continuar próximos dialogando para que possamos fazer uma gestão pública de qualidade”, disse.

Durante a apresentação, o secretário Luiz Fernandes Rocha, deu um panorama geral abordando as inovações que a Semas vem realizando e enfatizou que o trabalho que tem sido desenvolvido nas ações de controle e monitoramento ambiental só é possível graças aos parceiros, que fazem parte das ações e determinação do Estado em promover o desenvolvimento sustentável e o fortalecimento da gestão ambiental.

O titular do órgão ambiental destacou ainda os avanços no Cadastro Ambiental Rural (CAR) – cujo número de cadastros já feitos no estado ultrapassam 160 mil -, explicando sobre a integração com o Governo Federal através da implementação do Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural (Sicar) como sistema oficial para elaboração do cadastro. Além disso, esclareceu que atualmente, dos 144 municípios paraenses, 107 já estão capacitados e habilitados para exercer a gestão ambiental e licenciar atividades de impacto local, com apoio do estado. Ele comentou também sobre a importância do trabalho de atendimento semanal ao público que a Semas realiza, uma vez por semana e destacou a Caravana Ambiental, evento realizando durante o primeiro semestre de 2016 que levou capacitação a todos os municípios do Pará e a elaboração do Plano Estadual de Recursos Hídricos, entre outros assuntos.

Justiniano Netto, secretário extraordinário do PMV, afirmou que “o desafio, a demanda e a responsabilidade do estado é grande. Mas buscamos fortalecer os municípios para que possam nos ajudar a fazer essa gestão e melhorar o ordenamento ambiental do Pará através de ações de capacitação e investimento em monitoramento e transparência. Então ter a oportunidade de estar aqui hoje e comentar um pouquinho sobre tudo que o estado desenvolve é gratificante”. Já a Vice-presidente e Conselheira do TCE, Lourdes Lima, finalizou destacando que a Sexta da Integração “traz informações importantes e muitos aprendizados. Estamos felizes pela participação de todos. Esses momentos nos dão a oportunidade de conhecer melhor as ações das instituições do nosso estado. Com as informações que já obtivemos aqui hoje percebemos o esforço e avanço da Semas, que trabalha para promover a sustentabilidade no Pará”.

Ascom Semas

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará