Semas é referência de estágio no Pará

 29 dsc_00151 dsc_0049

Belém, 20/09/2016 – Após a tão sonhada conquista de uma vaga universitária, os jovens brasileiros logo avistam um novo objetivo: o estágio. Além de oferecer um pontapé inicial no mercado de trabalho, a atividade abre caminhos para o conhecimento prático, compreensão do cotidiano profissional e a oportunidade de construir uma imagem positiva e respeitada para fortalecer a carreira. Nesse aspecto, a Secretaria de  Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) vem se posicionando como referência, contando com mais de 110 estagiários – estudantes do ensino médio, técnico e superior, divididos pelas diversas diretorias do órgão.

Programas de estágio organizados e bem estabelecidos oferecem diversas vantagens a curto e longo prazo, como a capacitação intelectual da população jovem economicamente ativa, e contribui para a força de trabalho no estado, além de dar oportunidades de promoção e reconhecimento ao esforço dedicado ao estágio. Foi o que aconteceu com Patrick Carvalho, que ao ingressar como estagiário em 2014, precisou de apenas sete meses para provar sua competência e ser contratado para trabalhar no órgão.

Ele conta que o essencial é sempre buscar o conhecimento para desenvolver com êxito as funções designadas. “Foi bem inesperado. Fiquei muito agradecido pela oportunidade e confiança, isso me motiva a exercer minha função com responsabilidade todos os dias. Obtenho um aprendizado constante a partir da troca de experiências no ambiente de trabalho”, destaca o universitário de 20 anos, atualmente secretário de gabinete na Semas.

Na legislação brasileira, o estágio de estudantes é regido pela lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008. Apesar de não configurar relação de emprego ou contemplar a totalidade dos direitos trabalhistas, os estagiários possuem diversos benefícios, como recebimento de bolsa-auxílio, cumprimento de uma carga horária prefixada e a realização de seguro obrigatório contra acidentes, além de 30 dias remunerados de férias a cada ano de estágio. O programa de estágio da Semas atende todos os interesses de contratados e contratantes, com respeito à legislação.

Para pavimentar a estrada que ajuda tanta gente a descobrir e aperfeiçoar vocações, os supervisores desempenham papel primordial. A assistente administrativa Kaila Gama já está há oito anos na Semas e revela que a maioria dos estagiários que supervisionou a ajudaram muito, proporcionando experiências de aprendizado para ambos os lados. “Um supervisor de estágio precisa ser um tutor, orientador. Ele tem que ter paciência, boa vontade, comprometimento, saber manter a relação impessoal e fazer o estagiário se sentir bem”, conta ela.

Fábio Machado foi supervisionado por Kaila e hoje, servidor da secretaria, conta que o apoio dela foi essencial. “Ela foi a base de tudo e me ensinou muitas das coisas que aprendi, observando e pontuando aquilo que eu poderia melhorar”, destaca o universitário de 24 anos, que chegou na Semas através do núcleo de estágio da faculdade onde estuda.

Lorrayne Audrey, secretária da Diretoria de Meteorologia e Hidrologia (Dimeh), destaca a proatividade como elementar no desenvolvimento de um estagiário. “Não é bom ficar limitado, esperando receber ordens, fazendo só o que é pedido. Sempre há tarefas e coisas para fazer. O ócio nunca é bem-vindo”, conta ela que teve seu potencial notado e acabou sendo efetivada. A quem considera que não é possível conciliar o trabalho com os estudos, ela manda o aviso: “Com esforço, sempre dá. É cansativo, mas recompensa. A sensação de dever cumprido é gratificante e o aprendizado mais ainda”, afirma ela que cuida de toda a parte administrativa da Dimeh.

Já a estagiária Mayane Braga é recém-chegada, mas já garante estar aprendendo muito. “Tenho tido uma boa carga de aprendizado, numa área que eu me interesso, sempre tive uma criação ambientalista. Além disso, fui muito bem recebida aqui, o ambiente de trabalho é ótimo”, avalia a estudante que está no 2º da faculdade de direito.

A participação do Centro Integrado Empresa-Escola (Ciee) é fundamental para que os programas de estágio mantenham a solidez em seus objetivos. Joyce Lopes, assistente de atendimento às empresas do Ciee, conta que as instituições governamentais ganham visibilidade social e recebem novas ideias e propostas com os novos estagiários.

“A nossa parceria com a Semas ocorre através da formalização de um contrato firmado entre as duas partes que visa a contratação de estagiários. As oportunidades são repassadas pelo órgão e o Ciee se encarrega de apoiar no gerenciamento do programa”, destaca Joyce. O Ciee ainda disponibiliza cursos de educação a distância em seu portal online e é essencial que os interessados em acompanhar vagas disponíveis, em todo o Pará, cadastrem-se no site.

Mais do que estar em contato com a gestão ambiental no estado, a Semas tem oferecido uma oportunidade que tem sido aproveitada pelos estagiários, num ambiente de trabalho corporativamente saudável e com aprendizados importantes para a futura carreira profissional. Além do cadastro no Ciee, os aspirantes a estágio podem enviar currículos ao email gtdtreinamento2014@gmail.com.

Ascom Semas

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará