Garimpos são interditados nos municípios de Tucumã e Ourilândia do Norte

 

dsc01877 dsc01872 dsc01845

Belém, 05/10/16 – A Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) divulgou relatório da Gerência de Fiscalização de Atividades Poluidoras e Degradadoras (Gerad) sobre ação de fiscalização a empreendimentos com atividade na lavra garimpeira de ouro, desenvolvida sem a devida licença do órgão ambiental ou em desacordo com a lei, nos municípios de Ourilândia do Norte e Tucumã, na região Araguaia, entre 12 e 23 de setembro.

Equipe técnica da Semas, com apoio do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) e da Divisão Especializada em Meio Ambiente (Dema), deslocou-se para os municípios e deu início à fiscalização das atividades garimpeiras em pontos e locais previamente definidos, levando em consideração o tamanho da área e processos em tramitação acerca da lavra do ouro na Semas.

O trabalho desenvolvido gerou 17 notificações para comparecimento na delegacia de Ourilândia do Norte, autos de infração lavrados e 14 interditos realizados – 13 no município de Tucumã e um em Ourilândia do Norte.

No município de Tucumã foram interditados garimpos clandestinos nas localidades de Cacauzal, Assentamento Nega Madalena, Fazenda Sapucaia, Chácara Serrinha, Garimpo Paxiubal, Fazenda Recanto das Laranjeiras, Garimpos Manelão e Manelão III, Fazenda São Jorge, Garimpo do Rubens e Sítio Tapajás. No município de Ourilândia do Norte foi realizado um interdito na Fazenda Serra Azul.

O agente de fiscalização, José Augusto Mota, coordenador da equipe formada por engenheiros sanitaristas e agrônomos, explicou que durante as fiscalizações foram verificadas cavas ocupando espaços variados no interior de fazendas. “Em muitas áreas exploradas e em exploração existem cavas entre 15 metros (m) e 40 m de profundidade e o diâmetro da área explorada entre 50 e 200 m”, afirma.

De acordo com integrantes da fiscalização, grande parte do comércio local existe para atender necessidades da atividade garimpeira – principal fonte de renda desses municípios -, mas está evidente que muitas áreas não estão sendo exploradas há algum tempo devido a observação da vegetação que cresce em seu entorno, como também ausência de pessoas e equipamentos específicos nesses locais.

Ascom Semas

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará