Educação ambiental estimula boas práticas ambientais nas praias paraenses

20160729_113804 20160729_105749 20160729_122837 20160730_131721 20160729_132348 20160730_105829

Belém, 02/8/16 – Sensibilizar veranistas para boas práticas com o meio ambiente esteve entre os objetivos das equipes da Coordenadoria de Educação Ambiental (Ceam) da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), em parceria com o Projeto Escola da Vida do Corpo de Bombeiros Militar do Estado e secretarias municipais de Meio Ambiente ao realizarem diversas atividades educativas nas praias de Salinópolis, Mosqueiro, Ajuruteua e Maiandeua/Algodoal. As ações ocorreram nos quatro últimos finais de semana de julho.

A utilização de diferentes recursos – gincana, blitz ecológica, pintura corporal, troca ecológica, jogos e fantoche -, além da distribuição de sacolas plásticas, disponibilizadas pela Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa), para o acondicionamento do lixo, foram direcionados a um público estimado em 600 pessoas em cada dia de ação. A Semas e os parceiros contribuíram para que cada veranista se conscientize de que é responsável pelo lixo que produz.

As crianças participaram com entusiasmo das atividades, fazendo pinturas e até vestiram a camisa da ação. Além de serem importantes disseminadores de boas práticas ambientais ainda cobram dos adultos, atitudes ambientais mais corretas.

Para a diretora de Ordenamento, Educação Ambiental e Descentralização da Gestão (Diored), Maria Gertrudes, “o objetivo maior da ação, não era e nunca foi recolher o lixo deixado pelos veranistas. Isto é responsabilidade de quem o produz. Diz o artigo 225 da Constituição Federal que todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações”.

Ainda de acordo com a diretora da Diored, o trabalho de sensibilização deve ser contínuo e participativo. “Nossas equipes estiveram durante os dias da ação, juntamente com os parceiros, passaram o dia inteiro, exatamente como formiguinhas, conversando com os transeuntes, nas barracas, nos carros e nos micro-ônibus”.

A coordenadora das ações na praia do Atalaia, em Salinópolis, nos dois últimos finais de semana, Adriana Maués, afirma que “era desestimulante ver tanto lixo deixado na praia. Um sentimento de impotência e uma sensação de trabalho perdido. As pessoas ainda têm muito que evoluir para entender que estão se autodestruindo. Mas isto não vai desestimular que continuemos a fazer o nosso trabalho”.

Algodoal – A ação também desembarcou em Algodoal em parceria com Instituto de Desenvolvimento Florestal e de Biodiversidade (Ideflor-Bio) e o Batalhão de Polícia Ambiental (BPA). Nos dias 27, 28 e 29, ações nas praias da Princesa e Caixa d’Água tiveram como objetivo sensibilizar veranistas para a importância das atitudes sustentáveis, que contou com a presença de crianças e donos de barracas, além de atividades recreativas com o Tio Arroz  e oficinas de pintura ecológica.

Ascom Semas

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará