Produtos florestais apreendidos em Marituba estavam a caminho de Pernambuco

Belém, 21/7/16 – Várias espécies de madeira foram apreendidas pela Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), no município de Marituba, na Região Metropolitana de Belém, depois de denúncia do Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens do Estado do Pará (Sindicam), na terça-feira, 19. Dois caminhões estavam fazendo transporte ilegal de 69 metros cúbicos (m³) de madeira em tora, serrada e já industrializadas – portas e janelas. Os carros estavam em um posto de gasolina, no km 15 da BR 316.

A Semas teve apoio da Divisão Especializada em Meio Ambiente (Dema), da Polícia Civil, durante a apreensão das cargas transportadas ilegalmente. O engenheiro agrônomo, Célio Costa, da Fiscalização Ambiental da Semas, informou que os carregamentos ilegais não tinham o Documento de Origem Florestal (DOF), devido a nota fiscal ter origem no estado do Amapá. Segundo os motoristas dos veículos, que alertaram o sindicato, um dos caminhões foi carregado com 34 m³, em um porto na rodovia Arthur Bernardes, em Belém, e o outro lotado com 35 m³ de produtos florestais, no município de Moju, nordeste do Pará, ambos com destino ao estado de Pernambuco.

O dono da carga embarcada no município de Moju, José da Silva, disse que a madeira estava aguardando a documentação necessária, parada no posto de combustível e, por isso, não estava irregular. A madeira está apreendida em um depósito do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe) e o auto de flagrante foi lavrado na Dema.

Ascom Semas

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará