Lanchas reforçam a fiscalização ambiental em municípios paraenses

DSC_0010 DSC_0020 DSC_0027

Belém, 15/6/16 – Fortalecer a fiscalização e o monitoramento do meio ambiente nos municípios de Aveiro, região Tapajós; Gurupá, no Marajó; e Maracanã, no nordeste paraense, esteve entre os principais interesses da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) ao fazer a entrega de três lanchas com motores e carretas rodoviárias ao transporte terrestre, nesta quarta-feira (15), para reforçar a gestão ambiental no interior do Estado. Os veículos aquáticos foram adquiridos pelo Fundo Estadual de Meio Ambiente (Fema), com recursos arrecadados pela Semas.

O titular da Semas, Luiz Fernandes, falou da necessidade da descentralização da fiscalização e da integração entre os órgãos do governo do Estado, especialmente a Semas, e o poder municipal,  no combate às explorações ilegais ao meio ambiente. “Os crimes têm que ser combatidos e os equipamentos que estão sendo repassados aos municípios servem para dar mais condições de ação aos gestores municipais e efetivar a descentralização da gestão ambiental”, declara.

As lanchas com nomes indígenas – Taparajó-Tapera (Aveiro), Amanari (Gurupá) e Maracanã – já passaram por testes de navegabilidade, medem 6 metros de comprimento e 1,40 m de largura e atingem até 80 quilômetros de velocidade.

Olinaldo Silva, prefeito de Aveiro, disse que  a exploração ilegal da madeira é um dos principais problemas ambientais no município e que agora, com a lancha, terá mais condições de combater os crimes ambientais e que o novo transporte vai ser muito importante para o trabalho. “Só temos transporte rodoviário para fazer a fiscalização ambiental, mas a partir de agora teremos como chegar a outros lugares com mais rapidez e eficiência”.

A prefeita de Maracanã, Raimunda Araújo, destacou que as questões ambientais no município estão direcionadas para a exploração ilegal palmito, queimadas, extrativismo clandestino de madeira, pesca irregular, desmatamento e outras atividades. “A fiscalização vai ser mais imediata e eficiente com esse deslocamento das equipes pelos rios”, destaca.

O representante de Gurupá, da Secretaria de Meio Ambiente municipal, Hermes Rodrigues Filho, falou que esse transporte rápido vai permitir chegar a locais antes inatingíveis e diminuir custos ao município. “A acessibilidade a comunidades ribeirinhas vai ser facilitada e deixaremos de gastar com locações de embarcações para o serviço ambiental”.

Além dessas lanchas, a Semas repassou a 86 municípios, motocicletas,  computadores , binóculos, câmeras fotográficas e outras 22 lanchas e outros equipamentos, em todas as regiões do estado. Este ano, a secretaria qualificou gestores e técnicos municipais e de Conselhos de Meio Ambiente, em 127 municípios para reforçar a descentralização da gestão ambiental no Pará.

Ascom Semas

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará