Confira a programação do Mês dos povos indígenas no Museu Goeldi

Foto em destaque

Presentes neste país antes mesmo de ela se chamar Brasil, os indígenas contribuíram para a construção da identidade brasileira. Considerando essa relevância tão latente em nosso cotidiano, o Museu Emílio Goeldi (MPEG) está promovendo o Mês dos Povos Indígenas, em celebração ao dia do índio, comemorado no dia 19 de abril. Com o tema Culturas indígenas na Amazônia: 150 anos de intercâmbio com o museu, a ação abordará línguas indígenas, produção audiovisual, pintura corporal, conhecimento científico, entre outros, com objetivo de enfatizar o intercâmbio entre os pesquisadores do MPEG e diferentes povos indígenas nestes 150 anos de instituição.

A programação do mês dos povos indígenas será realizada no Parque Zoobotânico do Goeldi, e no Campus de Pesquisa da Instituição, com representantes das etnias Kayapó, Aikanã, Kambeba e Munduruku e moradores de todo o Pará. O público poderá conferir a palestra A origem das línguas indígenas, com Hein van der Voort, linguista e pesquisador do Goeldi. Além disso, a oficina Nheengatu: não perca seu latim nem seu tupi, ministrada pelo antropólogo do museu, Antônio Maria de Souza Santos.

Também acontecerá a Mostra da Cultura Kayapó, com vídeos, danças, fotografias e pintura corporal, seguida por uma feira de artesanato onde artesãos de diversas etnias disponibilizarão seus trabalhos para venda e a palestra Experiência desde a aldeia Caripuna, até o Museu Goeldi, de Suzana Primo, seguida de nova edição da Mostra da Cultura Kayapó. O Campus de Pesquisa do Goeldi também recebe a feira de artesanato  e o fim da programação com a roda de conversa “150 anos de interação”, com a participação de indígenas de diferentes etnias e mediação de pesquisadores do museu.

Os eventos são abertos para todos, com meia entrada para estudantes e gratuidades para idosos e crianças.

Serviço:

Confira a programação do Mês dos povos indígenas no Museu Goeldi

07/04 (quinta-feira)

– Palestra: A origem das línguas indígenas

Hora: 9h
Ministrante: Hein van der Voort
Local: Biblioteca Clara Galvão, Parque Zoobotânico.

14/04 (quinta-feira)

– Oficina: “Nhenangatu: não perca seu latim nem seu tupi”

Hora: 9h30
Ministrante: Antônio Maria de Souza Santos
Local: Auditório Alexandre Rodrigues Ferreira, Parque Zoobotânico.

– Mostra da Cultura Kayapó: vídeos, danças, músicas, fotografias e pintura corporal

Hora: 10h
Paulinho Payakan e representantes Kayapó
Local: Auditório Alexandre Rodrigues e Bambuzal, Parque Zoobotânico.

– Feira de Artesanato

Hora: 10h30
Local: Bambuzal, Parque Zoobotânico.

20/04 (quinta-feira)

– Palestra: Experiência desde a aldeia Caripuna, até o Museu Goeldi.

Hora: 9h
Ministrante: Suzana Primo
Local: Auditório Paulo Cavalcante, Campus de Pesquisa.

– Mostra da Cultura Kayapó: vídeos, danças, músicas, fotografias e pintura corporal

Hora: 10h
Paulinho Payakan e representantes Kayapó
Local: Auditório Paulo Cavalcante e Bosquinho, Campus de Pesquisa.

– Feira de Artesanato

Hora: 10h30
Local: Bosquinho, Campus de Pesquisa.

– Roda de conversa: 150 anos de interação

Hora: 14h
Mediação: Pesquisadores do Museu Goeldi e representantes de comunidades indígenas.
Local: Auditório Paulo Cavalcante, Campus de Pesquisa

Endereços:

Parque Zoobotânico do Museu Goeldi – Av. Magalhães Barata, 376, São BrazCampus de Pesquisa – Av. Perimetral, 1901, Terra Firme.

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará