Mais de 30 municípios recebem curso para descentralização da gestão ambiental

Marabá, 19/02/16 – Mais de 100 representantes de 31 municípios paraenses das regiões de Carajás, Araguaia, Lago de Tucuruí e parte do Rio Capim participaram do curso de Qualificação da Gestão Ambiental, promovido pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), em Marabá. Secretários e técnicos de meio ambiente municipais das quatro regiões, e membros do Conselho de Meio Ambiente de Bom Jesus do Tocantins receberam do titular do órgão, Luiz Fernandes Rocha, o certificado pela participação.

O secretário Luiz Fernandes agradeceu o envolvimento dos representantes municipais, que durante todo o curso foram participativos, fizeram questionamentos e apresentaram suas deficiências para pedir apoio do Estado. “Sei do problema de cada município, porque acompanho todas as ações há anos. Temos muito a fazer, e na medida em que for necessário, daremos apoio a vocês”, disse.

Em relação ao apoio do Estado, o secretário anunciou que, brevemente, o Portal do Prodes estará disponível no site da Semas. O Portal de Regularidade Ambiental da Semas é mais uma ferramenta de gestão, que vai gerar informações sobre áreas desmatadas dos Estados. Por meio do qual será possível trazer informações claras sobre procedimentos e critérios de regularização de propriedades cujo desmatamento foi detectado pelo Prodes.

Outra ferramenta listada pelo titular da Semas como fundamental para a gestão ambiental no Estado foi o Programa de Redução da Emissão de Gases de Efeito Estufa, que prevê, dentre outras coisas, a implantação e ampliação da educação ambiental, incentivo ao manejo sustentável da floresta, e apoio a atividades agropecuárias. “Além disso, vamos trabalhar na elaboração de Cadastro Ambiental Rural de pequenos produtores, com ajuda dos municípios. Vamos fazer convênios para agilizar esse processo, porque é uma ferramenta importante para o controle do desmatamento”, afirmou. Outro ponto destacado pelo secretário foi o apoio da Semas aos municípios com a entrega de equipamento, como motocicletas, para a gestão municipal local.

Durante o evento, o secretário de meio ambiente do município anfitrião do evento, Carlos Brito, agradeceu a oportunidade da capacitação, e defendeu que todos esses conhecimentos passados mostram como tem que ser o perfil de um técnico de meio ambiente. “Tem que ser tudo, porque dependendo da nossa capacidade de gestão, temos que licenciar, fiscalizar, fazer projetos para conseguir recursos, e pra mim, ter recebido toda essa informação foi muito proveitoso”, elogiou.

O último dia do curso, realizado com recursos do Fundo Amazônia, e gestão do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES), teve ainda a apresentação de como confeccionar um projeto para arrecadação de recursos para o município; e a apresentação dos recursos geotecnológicos utilizados pela Secretaria para o Cadastro Ambiental Rural.

Ascom Semas

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará