Curso de espeleologia e licenciamento ambiental aperfeiçoa profissionais da Semas

20160215_093645

Belém, 15/02/16 – O curso de introdução à espeleologia no processo de licenciamento ambiental promovido pela Secretaria de Meio ambiente e Sustentabilidade (Semas) em parceria com a empresa Terradentro (estudos ambientais), ocorre em aulas teóricas de segunda-feira (15) até sexta-feira (19), no auditório da Semas, e aulas práticas no sábado (20) e domingo (21), tem o intuito de inserir aos profissionais da secretaria os aspectos fundamentais da espeleologia e na configuração do patrimônio espeleológico nacional.

Na coordenação geral do curso, o professor Luís B. Piló (geógrafo e doutor em geomorfologia cárstica e espeleologia), a professora Renata Andrade (bióloga e  doutora em invertebrados cavernícolas) e ainda o professor Vitor Moura (arquiteto, espeleólogo e doutor em geografia), desenvolvem as atividades direcionadas aos participantes.

Os participantes terão a oportunidade de conhecer técnicas de prospecção, mapeamento e espeleometria de cavernas visando dar aos técnicos os conhecimentos necessários para os levantamentos espeleológicos básicos, geomorfologia e geoespeleologia que circundam a análise de relevância de cavidades naturais subterrâneas. Biologia subterrânea e a legislação espeleológica comentada também estão na programação que pretende analisar e avaliar os impactos de empreendimentos em áreas com cavernas. E os analistas terão a chance de participar do trabalho de campo, elemento integrador da teoria com a prática.

Espeleologia – Espeleologia é a ciência voltada para o estudo de cavernas. Tem por finalidade conhecer, observar e estudar as diversas formações geológicas das cavernas, a maneira como estão inseridas no meio ambiente, quais os habitantes nessas regiões, formas de preservação e outras características importantes. O Brasil é um país rico na presença de cavernas. Já foram catalogadas cerca de quatro mil cavernas em território nacional. Os espeleólogos acreditam que existam aproximadamente 80 mil cavernas em nosso país. Segundo os organizadores do curso, isso é extremamente importante, pois além destas cavernas oferecerem muitas informações científicas, podem ser exploradas do ponto de vista turístico e cultural.

INTRODUÇÃO À ESPELEOLOGIA

Prof. Dr. Luís B. Piló
Segunda-feira (15) – 9h às 12h

 PROSPECÇÃO MAPEAMENTO E ESPELEOMETRIA
Prof. Dr. Vitor Moura
Segunda-feira (15) – 13 às 18h

PROSPECÇÃO MAPEAMENTO E ESPELEOMETRIA

Prof. Dr. Vitor Moura
Terça-feira (16) – 8h às 12h

GEOMORFOLOGIA E GEOESPELEOLOGIA

Prof. Dr. Luís B. Piló
Terça-feira (16) 13h às 18h

GEOMORFOLOGIA E GEOESPELEOLOGIA

Prof. Dr. Luís B. Piló

Quarta-feira (17) 8h às 12h

BIOLOGIA SUBTERRÂNEA

Prof. Dra. Renata Andrade
Quarta- feira (17) 13 às 18h

BIOLOGIA SUBTERRÂNEA

Prof. Dra. Renata Andrade

Quinta- feira (18) 8h às 12h)

LEGISLAÇÃO ESPELEOLÓGICA COMENTADA

Prof. Dr. Luís B. Piló; Prof. Dr. Vitor Moura; Prof. Dra. Renata Andrade
Quinta-feira (18) 13h às 18h

LEGISLAÇÃO ESPELEOLÓGICA COMENTADA

Prof. Dr. Luís B. Piló; Prof. Dr. Vitor Moura; Prof. Dra. Renata Andrade
Sexta-feira (19) 8h às 12h e de 13h às 18h

Trabalho em Campo – sábado e domingo – 8h às 17h

Ascom Semas

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará