Semas, Sedeme e outros órgãos irão formalizar grupo de trabalho pela mineração no Tapajós

Belém (21/12/15) – Uma equipe interinstitucional coordenada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme) vão apresentar uma proposta para oficialização do Grupo de Trabalho para ordenamento da atividade mineral da Região do Tapajós-Pará (GT-Tapajós) no próximo dia 14 de janeiro de 2016. A definição da apresentação e data foi feita durante reunião prévia dos dois órgãos com mais sete instituições governamentais e não-governamentais na sede da Semas, em Belém, na última sexta-feira, 18.

Depois da criação desse grupo será possível identificar problemas e desafios da pequena mineração nessa região, assim como estabelecer estratégias de atuação interinstitucional conjunta por meio de um plano comum de trabalho, com prioridade de ações que visem à regulamentação da pequena lavra mineral. O GT-Tapajós ainda objetiva rever os macroprocessos de licenciamento ambiental e elaborar a Agenda Socioambiental, que leva em consideração as peculiaridades da região do Tapajós.

Coordenada pelo titular da Semas, Luiz Fernandes Rocha, pelo Secretário Adjunto de Gestão e Regularidade Ambiental da Semas, Thales Belo, e por equipe da Sedeme, a reunião teve a participação de representantes do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), da The Nature Conservancy (TNC), do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), da Associação Paraense de Garimpeiros (Apgam), Procuradoria Geral do Estado (PGE), e da Secretaria Extraordinária de Estado de Integração de Políticas Sociais (Seeips).

Ascom Semas

 

 

 

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará