Governo e setor produtivo unem esforços para capacitação em logística reversa de lubrificantes no Pará

Belém, 03/02/15 – Uma irreversível legislação ambiental, por meio da Resolução nº 362/2005, do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama), aproximou ainda mais técnicos dos governos estadual, municipal, empresários, gestores e técnicos do setor produtivo, preocupados em capacitar e ampliar a logística reversa de óleos lubrificantes no estado.

A agenda foi avançada durante o I Encontro Estadual sobre Logística Reversa de Óleos Lubrificantes realizado na sexta-feira, 30, no Parque Ambiental do Utinga, em Belém, durante um treinamento técnico com os cuidados desde a produção, a comercialização, refino, licenciamento e a logística reversa de óleos lubrificantes, destinados ao pessoal da área de análise desses projetos.

O evento foi promovido pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), em parceria com a Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambiente (Abema) e o Sindicato Nacional da Indústria do Rerrefino de Óleos Minerais (Sindirrefino) e participação do Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios do Estado do Pará (Sindirepa), entidades que acompanham e orientam, tecnicamente, instituições públicas e privadas no país.

A logística reversa de óleos lubrificantes é o conjunto de operações destinadas a permitir o retorno de produtos, reciclagem, reuso de materiais, disposição do resíduo e outros itens incluídos nessa atividade, de acordo com o que determina a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PRNS) no Brasil.

Esta prática já vem sendo realizada em postos de combustíveis de Belém e alguns municípios do estado, mas a ideia é aumentar a capilaridade da rede de veículos que faz a captura do óleo lubrificante usado para outros destinos, com segurança, ou reuso, conforme a lei, e essa atividade exige conhecimento e treinamento de pessoal.

“Estamos convidando o Pará a assinar um Termo de Referência nessa área que virá facilitar nossos procedimentos para cada vez mais efetivarmos esses serviços com qualidade e segurança para as pessoas e o meio ambiente”, ressaltou o Diretor Executivo do Sindirrefino, Walter Françolin, um dos palestrantes do encontro.

As orientações das diretrizes para o licenciamento ambiental das atividades no setor de óleos lubrificantes foram apresentadas pela representante da Abema, Carmem Níquel, e coube à Gerente de Comércio e Serviços da Semas, Cassilda Moraes mostrar a estrutura gerencial e as ações que a secretaria vem desenvolvendo para monitorar as operações no que se refere à logística reversa de lubrificantes no Pará.

“É importante também destacar nesse evento, além da iniciativa do governo, por meio da Semas, com o setor produtivo, os empresários, a decisão de darmos confiança, cada vez maior, a esse trabalho de logística reversa, desse setor. E o treinamento dos técnicos do estado, municípios e o pessoal de postos de combustíveis são os meios adequados, para alcançarmos nosso objetivo”, pontuou o secretário Adjunto de Gestão e Regularidade Ambiental da Semas, no pronunciamento da abertura do treinamento, Hildemberg Cruz.

Ascom Semas

(91) 3184-3341

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará