Consulta pública informa sobre criação de unidade de conservação em Algodoal

lago da princesa em Algodoal dunas de Algodoal

Belém, 17/11/14 – Uma consulta pública está programada pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) para ocorrer na tarde de terça-feira (18) na Área de Proteção Ambiental (APA) Algodoal-Maiandeua, para a criação da Unidade de Conservação (UC) de Proteção Integral Dunas de Algodoal, no município de Maracanã, nordeste do Pará. A UC, categoria Monumento Natural, objetiva preservar sítios naturais raros e de grande beleza cênica. A consulta acontece na sede da Associação Comunitária dos Pescadores Artesanais da Vila de Algodoal.

A criação da Unidade de Conservação, indicada no zoneamento do Plano de Manejo como uma estratégia de gestão da APA, aumentará a proteção dos recursos naturais e a ordenação do uso dos espaços de rara beleza.

O local a ser protegido envolve o lago da Princesa, o lago Grande de Maiandeua e as dunas que margeiam a costa atlântica da ilha de Algodoal. “Pela primeira vez, uma unidade de conservação estadual do Pará tem seu nível de proteção ambiental elevado a uma categoria mais protegida e ainda com apoio das populações locais. Isso é reflexo do aumento do nível de consciência ambiental da população residente”, avalia a gerente da APA, Adriana Maués Ferreira.

Ainda de acordo com a gerente, a elevação no grau de proteção da unidade aumentará a proteção legal desse patrimônio natural, que estará apto a receber recursos financeiros da compensação ambiental, para investir em infraestrutura, fiscalização, educação e demais necessidades das unidades de conservação. A visitação da área continuará sendo permitida, com fiscalização ambiental mais intensa e ainda será implantada sinalização turística e ambiental no local.

Ascom Sema

(91) 3184-3341

 

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará