Artesanato indígena é exposto no Mangal das Garças

Belém, 28/10/14 – O Mangal das Garças recebe em seu Armazém do Tempo a exposição “Awaeté do Xingu” que mostra a realidade, por meio de seu artesanato, dos índios Asurinis, que vivem em aldeias à margem direita do Rio Xingu, na terra indígena Koatinemo, em Altamira. A mostra está aberta ao público, de terça à sexta-feira, no horário de 9h às 18h, com entrada franca.

Resultado de projeto desenvolvido pela Fundação Ipiranga com os povos indígenas há 15 anos, a exposição tem como base o resgate do hábito de transmissão da produção artesanal Asurini. O visitante, além de conhecer a cultura indígena, pode adquirir lembranças como camisas, chaveiros, canecas e bolsas, todas personalizadas com grafismo indígenas.

Ascom Sema

(91) 3184 3341

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará