Corrida marca Dia da Amazônia no Parque do Utinga

20140905_091436 20140905_103310 20140905_104857

Belém, 05/9/14 – A I Corrida de Orientação do Dia da Amazônia ocorreu nesta sexta-feira (5), no Parque Estadual do Utinga (Peut), gerenciado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), com a participação de cerca de 40 crianças e adolescentes. O evento foi promovido pela organização não governamental No Olhar e pelo Clube de Orientação Ariramba em parceria com o Peut e a Marinha do Brasil, representada pelo grupamento de fuzileiros navais de Belém.

Corrida de orientação é um esporte que surgiu há mais de 100 anos nos países nórdicos como Dinamarca, Finlândia, Islândia, Noruega e Suécia. A finalidade é fazer com que o atleta desenvolva atividades físicas ao ar livre, mantendo a mente ocupada durante todo o percurso e contribuindo para a Educação Ambiental.

Alunos do quinto ano do ensino fundamental da Escola Almirante Renato Guilhobel e do primeiro ano do Ensino Médio da Escola Estadual Ramiro Olavo participaram da corrida de orientação, que teve como objetivo estimular o trabalho em equipe e o raciocínio lógico dos alunos, além de estimular o contato com a natureza.

Segundo Marcos Wilson, um dos coordenadores do evento, o objetivo maior é que os alunos conheçam e cuidem do meio ambiente. “Os alunos vão ter o contato direto com a natureza, aprendendo a cuidar dela, além de serem treinados para usar a bússola e mapa em um percurso de quase duas horas de duração em trilhas ecológicas do Utinga”, informa.

O suboficial da Marinha, João Tenório, do Clube de Orientação Ariramba, explica que no esporte de orientação, as crianças desenvolvem diversas habilidades. Elas precisam escolher o melhor caminho a seguir para completar o percurso no menor tempo possível e vencer a corrida. Os participantes tiveram que percorrer um caminho de 1.300 metros entre as trilhas. Com a bússola, o mapa e a inteligência, as crianças traçaram o trajeto através de trilhas, elevações, lagos e outros tipos de terrenos do Parque do Utinga. “A orientação é a arte de navegar em terras desconhecidas, sempre respeitando a natureza”, diz.

A estudante Juliane Fernandes, aluna do primeiro ano do ensino médio da Escola Estadual Ramiro Olavo destacou a importância da atividade para sua vida acadêmica. Ela ressaltou que “eu quero ser engenheira ambiental, então essa oportunidade de poder vivenciar a natureza é essencial para mim”.

Ascom Sema

(91) 3184 3341

 

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará