Oficinas identificam potenciais atividades sustentáveis na APA Paytuna

foto foto2 foto3

Belém (26/02/14) – Identificar potenciais atividades sustentáveis no entorno do Parque Estadual de Monte Alegre (Pema) e da APA Paytuna foi o principal objetivo das oficinas participativas que a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e o Instituto Peabiru realizaram com as comunidades de Ererê, Santana, Maxirá e Maxirazinho, neste mês.

Para a realização das oficinas, foram adotadas as metodologias de relato da experiência de projetos produtivos nas comunidades, construção do diagrama de Venn e dinâmicas. A gerente do Pema, Patrícia Messias, ressalta a relevância da participação dos comunitários no processo de construção de novos paradigmas. “É necessário que as comunidades façam parte do projeto de transformação. A intenção principal destas oficinas foi detectar em quais atividades produtivas as comunidades gostariam de trabalhar”, ressalta Patrícia.

Através dessas oficinas, a Sema consegue construir e contextualizar com os comunitários projetos produtivos dentro de Áreas de Proteção Ambiental, possibilitando a eles a compreensão dos benefícios que as unidades de conservação podem trazer no dia a dia da sua comunidade. “O foco principal é construir junto com eles o conceito de desenvolvimento sustentável dentro da APA Paytuna”, explica a gerente.

O Parque Estadual de Monte Alegre, com área de 5.800 hectares, possui características únicas, como um complexo de serras em pleno cenário amazônico, com cavernas, pinturas rupestres, enclaves de cerrado, espécies contidas na lista de ameaçados de extinção, além da existência de sítios arqueológicos.

Ascom Sema

(91) 3184-3341

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará