Parque Estadual do Utinga une preparação física e proteção ambiental em área urbana

Belém, 25/02/14 – O Parque Estadual do Utinga, localizado nos municípios de Belém e Ananindeua, além de ser utilizado por alunos de grupos escolares, idosos e demais visitantes para caminhadas ou simples lazer em contato com a natureza, tornou-se também um local muito procurado por atletas profissionais de atletismo, que aproveitam a tranquilidade da Unidade de Conservação para preparação física a competições regionais e nacionais.

O atleta paraolímpico Bruno Lins, que se prepara para a competição regional Norte-Nordeste e o Open de Atletismo, usa o local para treinamentos e é um exemplo de superação. Devido a uma paralisia cerebral começou a andar apenas com dez anos e hoje é um atleta de ponta. “Devo isso ao importante apoio dos meus pais e a minha força de vontade”, diz.

Segundo Rogério Barbosa, técnico e professor de atletismo, o Parque do Utinga apresenta um ambiente adequado para o treinamento do atleta. O orientador de Bruno avalia que o local “é um excelente espaço, que proporciona concentração e treinamento de qualidade para os atletas se prepararem para as competições”.

O gerente do Parque Estadual do Utinga, Vitor Matos, explica que o principal objetivo do Parque é a preservação dos recursos naturais existentes, principalmente dos Lagos Bolonha e Água Preta, responsáveis pelo abastecimento de água de mais de 60% da população da Região Metropolitana de Belém. Ele mostra também que o local possui áreas de florestas de terra firme, várzea, igapós, capoeirões, capoeiras, fauna composta por mamíferos, répteis, anfíbios, insetos, além de mais de 100 espécies de aves. “É importante que os visitantes unam a atividade física com a educação ambiental, a integração com o meio ambiente e a preservação da Unidade”, conclui.

A Unidade de Conservação, com 1.340 hectares, está dentro de um meio urbano e as nove trilhas ecológicas, com mais de 10 quilômetros, estão entre os principais atrativos para os mais aventureiros, que precisam ser guiados pelos monitores do Parque, para a segurança dos participantes.

Devido a fortes chuvas do inverno paraense, as ações nas trilhas estão suspensas temporariamente, com previsão de retorno no mês de maio. “Nossa prioridade é o bem-estar do visitante e por prevenção suspendemos as atividades nas trilhas, que neste período apresentam grande quantidade de animais peçonhentos e carrapatos”, explica Igor Lobato, monitor do Parque.

Agendamento de visitas, autorização de pesquisa e obtenção de outras informações para visitação de segunda-feira até sábado – das 8h às 16h – ou aos domingos – das 8h às 12h – podem ser feitas pelos telefones  (91) 3276-2778 ou 3184-3613 da Gerência do Parque e pelo email parquedoutinga@sema.pa.gov.br

Ascom Sema

(91) 3184 3341

 

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará