Nevoeiros em Belém podem se repetir até maio

20140204_065637

Belém (04/02/14) – Um nevoeiro atípico em Belém, que afetou significativamente a visibilidade dos motoristas na manhã desta terça-feira, 4, pode se repetir até o final do período chuvoso, no mês de maio, na capital paraense, prevê a meteorologia da Secretaria de Estado de Meio Ambiente. Apesar de ser um evento que ocorre de uma a duas vezes por ano, a umidade próxima de 100% e vento calmo durante a noite, podem resultar na repetição do fenômeno.

Com essas condições, explica o meteorologista da Sema, Antonio Sousa, a superfície tende a esfriar mais rápido do que o ar adjacente logo acima, e junto com a pouca nebulosidade, começa a ser formada uma leve camada de inversão térmica. “Essa camada impede que a nuvem se desenvolva e acaba ficando confinada próxima à superfície. Quanto mais isso ocorre, mais o solo vai reduzindo a temperatura, e a base da nuvem fica mais próxima do solo. As nuvens baixas começam a se aproximar da superfície, que é o que causa o nevoeiro”, detalha Sousa.

Próximo das 8 ou 9h da manhã, com o aparecimento do sol, e consequentemente o aumento da temperatura na superfície, há uma quebra dessa inversão, e a camada começa a se dissipar. Nas últimas semanas, os dias amanheceram nublados na capital, entretanto, como havia muita nebulosidade nas noites anteriores, e movimentos ascendentes do ar, a formação de nevoeiros não era favorecida, como se percebeu nesta terça.

Chuvas e maré alta – De acordo com o Sistema de Informações Hídricas do Pará, da Sema, nos próximos dias, não haverá chuvas tão intensas como nos anteriores, em Belém. Apesar disso, nesta terça-feira, às 14h34, haverá a ocorrência da maré alta, que ao coincidir com a chuva, provoca alagamentos nas áreas próximas ao Ver-o-Peso. Esses alagamentos podem voltar a acontecer nos dias 27 e 28 de fevereiro, à noite e de manhã respectivamente. As chuvas se manterão logo após o horário do almoço, com menor intensidade no final da tarde e início da noite. “O padrão é de 4 ou 5 dias muito chuvosos e 1 a 2 dias de intervalo”, acrescenta Sousa.

Ascom Sema

(91) 3184-3341

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará