Estudantes aprendem em aula no Parque Zoobotânico de Marabá

Belém, 28/11/13 – Alunos da Escola Buqueirão, que funciona no interior da Área de Proteção Ambiental (APA) Araguaia, em São Geraldo do Araguaia, foram ao Parque Zoobotânico do município de Marabá, ambos da região Carajás, na segunda-feira, 25. A visita proporcionou aos estudantes novos conhecimentos sobre a diversidade da fauna e da flora brasileira existentes no local. Os estudantes  aprenderam os nomes dos animais, famílias, alimentação, hábitos, características físicas, e ainda sobre a procedência das espécies que estão no criadouro. A atividade faz parte do programa de educação ambiental do Parque Serra das Andorinhas.

Na ocasião, técnicos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) explicaram aos estudantes sobre os problemas ambientais que afetam os ecossistemas brasileiros, caça, desmatamento, poluição, queimadas e outros motivos que prejudicam a fauna, a flora e os habitantes que vivem nesses locais.

A visita ecológica foi conduzida pela educadora ambiental e acadêmica do curso de Ciências Biológicas, Tailene Machado, que utilizou metodologia participativa e manteve os visitantes atentos. Ela explicou que os animais vão para o Parque depois de retirados das ruas ou de cativeiros, entregues por criadores arrependidos ou por autoridades de órgão de proteção ambiental, entre outros casos. “Aqui eles recebem tratamento adequado e quando se encontram sadios e apresentam condições de sobreviver em seu habitat são devolvidos à natureza”, frisou.

Os alunos também aprenderam sobre a história de Marabá. Conduzidos pelo agente ambiental voluntário do Parque Serra das Andorinhas, Edson dos Anjos, o grupo conheceu pontos turísticos, como o Pontal, entre os rios Tocantins e Itacaiúnas; o bairro Francisco Coelho, primeiro da cidade; e a Biblioteca Municipal Orlando Lobo, onde puderam ver a exposição de fotografias vencedoras do concurso sobre o município.

No Parque Zoobotânico, mantido por doações, a aluna Neuzelane Costa Felipe, 13 anos, estudante do 7º ano, considerou a “viagem bem proveitosa. Hoje estamos aprendendo coisas que não havíamos aprendido durante toda nossa vida. Todos nós estamos gostando muito. Vivenciamos na prática o que tínhamos imaginado durante leitura dos livros”, comentou durante a excursão ambiental.

Rivaldo da Conceição Furtado, professor que acompanhou a visita, disse que a troca de experiências foi importante para o grupo e que a aula de campo vai continuar em sala de aula. Ele destacou que “os alunos voltam mais estimulados para leitura. Eles devem produzir relatórios escritos sobre o passeio, o que conseguiram comprovar, quais as novidades que descobriram e aquilo que mais lhes chamou a atenção. Essas reflexões fortalecem o processo de ensino e aprendizagem”.

O gerente do Parque Serra das Andorinhas, Abel Pojo, ressaltou que é função do Estado contribuir para o fortalecimento do processo de ensino e aprendizagem dos alunos da APA Araguaia, sobretudo na temática ambiental. “A excursão ecológica possibilita amplitude nos conhecimentos dos alunos. Sensibilizados, eles se tornam multiplicadores das ações em favor da preservação ambiental. Com a participação de moradores da localidade conseguiremos sucesso na gestão da unidade”, opinou.

Fonte: Coordenação de comunicação do Pesam

Ascom Sema

(91) 3184 3341

 

 

 

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará