Incêndio foi debelado no Parque Estadual Monte Alegre este mês

CAM00529 100_1387 100_1463

Belém, 30/10/13 – Um incêndio no Parque Estadual Monte Alegre (Pema), este mês, teve duração de quatro dias e causou danos à fauna e flora da Área de Proteção Ambiental (APA). O fogo, que não danificou as pinturas rupestres da região, foi combatido por uma ação conjunta entre as equipes da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), da prefeitura do município de Monte Alegre, na região Baixo Amazonas, e voluntários das comunidades locais.

O fato das trilhas serem regularmente limpas evitou que o fogo se alastrasse mais intensamente, mas também foram abertos diversos aceiros para evitar a propagação das chamas. Alguns comunitários relataram que o incêndio teria começado com a ação de caçadores da região. De acordo com eles, na caça dos animais silvestres, atearam fogo no Parque e distribuíram vasilhas com água para atrair os animais com sede, para facilitar o abate.

Segundo Patrícia Messias, gerente do Pema, a unidade de conservação precisa estar prevenida para situações emergenciais. “A Diretoria de Áreas Protegidas, da Sema, está propondo a contratação de brigadas de fogo para as unidades de conservação. É necessário garantir a conservação mínima das unidades”, ressalta.

O Parque Estadual Monte Alegre é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral, criado através da Lei Estadual n° 6.412 de 2001, com área de 3.678 hectares onde apresenta um complexo de serras, vales, cavernas com painéis de pinturas rupestres, além da presença de diversos sítios arqueológicos. O parque possui uma estrutura geomorfológica particular (domo de Monte Alegre – caracterizado por um conjunto de relevos acidentados); vegetação representada, na maioria, pela formação de cerrado ou savana; solo arenoso e uma fauna diversificada.

Ascom Sema

(91) 3184 3341

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará