Corregedoria da Sema faz análise aprofundada sobre caso Tecniflora

Belém (25/10/13) – A equipe da Corregedoria Ambiental (Coram), da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), está fazendo análise técnica e jurídica percucientes, ou seja, mais aprofundada, acerca da situação referente ao caso da empresa Tecniflora, estabelecida em Anajás, região do Marajó, que teve seu Plano de Manejo Florestal interditado por conta de comércio ficto de créditos de 151.819,33 metros cúbicos de madeira, advindos, a princípio de áreas autorizadas pela Sema, porém, não exploradas.

Após análise, o assunto será levado ao conhecimento do Ministério Público Estadual, e sendo confirmada a saída de madeira ilegal do Estado, também haverá comunicação ao Ministério Público Federal. Dentro dessa avaliação, foram confirmadas duas situações que sinalizam a ilegalidade, explica a corregedora da Sema, Rosângela Wanzeller. “A não exploração em campo na mesma proporção da comercialização do crédito florestal, e o que é uma conduta interligada: a comercialização ficta no sistema Sisflora [Sistema de Comercialização de Produtos Florestais]”, observa.

O trabalho da Sema, agora, é apontar a responsabilização daquele que efetivamente atuou na venda dos créditos. “Vamos informar ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Pará a possível atuação irregular do profissional que é o responsável técnico pelo projeto de manejo e Cadastro de Consumidores de Produtos Florestais (Ceprof), bem como o responsável operacional junto ao Sisflora”, informou a corregedora.

Serão tomadas, ainda, medidas administrativas no que diz respeito ao Cadastro Técnico de Atividade de Defesa Ambiental (CTDAM) do engenheiro florestal. O mesmo profissional já foi autuado pela Sema por apresentar relatório inidôneo (dados falsos) em relação à exploração, afirmando que houve exploração durante determinado trimestre, entretanto, fiscalização no local, provou o contrário.

Ascom Sema

(91) 3184-3341

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará