Sema defende em Brasília a Constituição e a gestão ambiental em territórios indígenas

Belém, 16/10/13 – Na Mobilização Nacional em defesa da Constituição Federal, ocorrida este mês, em Brasília, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), por meio da Gerência de Povos Indígenas e Comunidades Tradicionais, participou e reuniu-se com várias lideranças indígenas.

Na ocasião, a Sema apresentou e distribuiu o livro Etnozoneamento da Porção Paraense das Terras Indígenas Nhamundá-Mapuera e Trombetas-Mapuera e exemplares do título Narrativas Waiwai sobre a Biodiversidade, volume 1, da série Conhecimento Indígena – parte da execução da Política Nacional de Gestão Ambiental e Territorial em Terras Indígenas.

Segundo o biólogo, Glauber Júlio, da Diretoria de Áreas Protegidas, da Sema, a consolidação de políticas indigenistas no Pará, além de mostrar a presença e ação do Estado, é condição necessária para salvaguardar a diversidade cultural. “Contar com a parceria indígena através do estabelecimento crescente de confiança representa uma importante aliança para a proteção de ecossistemas amazônicos e suas espécies da fauna e flora, muitas delas ameaçadas de extinção”, avalia.

Ascom Sema

(91) 3184 3341

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará