Unidades de proteção integral planejam pesquisas e educação ambiental para 2014

Belém, 03/10/13 – A coleta de informações para respaldar a elaboração do planejamento das ações das Unidades de Conservação para 2014 foi o objetivo da II Reunião do Conselho Gestor – de natureza consultiva – da Estação Ecológica Grão Pará e da Reserva Biológica Maicuru realizada no município de Santarém, região Baixo Amazonas, na quarta-feira (2) e nesta quinta-feira (3). Os recursos obtidos para a atividade vêm do programa Áreas Protegidas da Amazônia (Arpa), do Governo Federal.

A Estação Ecológica Grão Pará é a maior unidade de conservação de proteção integral do mundo e possui grande diversidade de espécies ameaçadas de extinção e até animais ainda não descritos pelos cientistas e a Reserva Biológica Maicuru estão localizadas na região Calha Norte do rio Amazonas, no Pará. Juntas, elas alcançam uma área de cinco milhões de hectares dedicados à pesquisa, preservação e educação ambiental. Outras informações sobre aspectos biológicos, físicos e socioeconômicos da região foram apresentadas aos presentes à reunião.

O encontro teve a participação de conselheiros de órgãos públicos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), das secretarias de meio ambiente dos municípios de Óbidos e Oriximiná, Fundação Nacional do Índio (Funai), Museu Paraense Emílio Goeldi (Mpeg) e do Instituto Chico Mendes para a Biodiversidade (ICMBio, Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque). Também estavam presentes na reunião membros da Associação dos Povos Indígenas Tiriyo, Kaxuyana e Tkikuyana (Apitikatxi), dos Institutos Gaya, do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), e de Pesquisa e Formação Indígena (Iepé), Conservação Internacional (CI Brasil) e outros representantes da sociedade civil.

Ascom Sema

(91) 3184 3341

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará