Oficina propõe plano integrado para monitorar Unidades de Conservação do Pará

   redi33 redi22

Belém (09/9/13) – Para garantir resultados eficazes nas ações conjuntas da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) com outras instituições que atuam na área ambiental, foi realizada na primeira semana deste mês, a II Oficina para Elaboração do Plano de Fiscalização e Monitoramento das Unidades de Conservação do Estado do Pará, no auditório do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam). A primeira edição do evento aconteceu em julho, na Sema.

O objetivo é somar esforços das instituições parceiras para que o monitoramento e fiscalização nas áreas protegidas do estado sejam pensados de forma integrada. O produto final vai ser o plano de ação de monitoramento e fiscalização para áreas protegidas do Pará 2014, que será entregue pelo consultor que realizou a oficina, Marcos Pinheiro, da Cooperação Técnica Alemã (GIZ), após as considerações feitas pelos participantes das duas oficinas.

Segundo Pinheiro, o diferencial desta segunda oficina foi a grande participação institucional. “Mais de 18 instituições participaram, o que significa um grande espaço para o debate entre os parceiros na busca de alinhamentos para a formação de um plano integrado de monitoramento e fiscalização”, pontua. A partir de agora, as organizações vão manter um comitê de fiscalização integrada para as trocas de informações resultarem em solução de problemas.

Outra ideia surgida durante a oficina foi a constituição de um fundo financeiro a partir da venda do material apreendido durante as fiscalizações para suprir as necessidades financeiras e viabilizar a execução do plano de monitoramento e fiscalização.

Para Rodolfo Gadelha, representante da Sema que participou das duas oficinas, o plano integrado funcionará como um acordo de cooperação técnica, uma construção continuada de informações que será atualizada constantemente. “A partir do relatório pronto, será montada estratégias de fiscalização em campo e estruturada as ações”, conclui.

Estiveram na oficina representantes da Sema, Instituto Nacional de Pesquisas Estaduais (Inpe), Sipam, Polícia Federal, Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Instituto Nacional de Colonização de Reforma Agrária (Incra), Fundação Nacional do Índio (Funai), Ministério Público Estadual (MPE), Polícia Militar do Pará (PMPA), Instituto de Terras do Pará (Iterpa), Capitania dos Portos da Amazônia Oriental (Cpaor), Museu Paraense Emílio Goeldi, Departamento Nacional de Produção mineral (DNPM), Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), Instituto de Desenvolvimento Florestal do Pará (Ideflor), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater), Delegacia de Meio Ambiente (Dema), Instituto Chico Mendes para a Biodiversidade (Icmbio), Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPC), Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará) e Universidade Federal do Pará (UFPa).

 

Ascom Sema

(91) 3184-3341

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará