Primeiro Fest Algodoal movimenta o fim de semana na Área de Proteção Ambiental

Belém, 25/7/13 – O 1º Fest Algodoal ocorrerá na praia da Caixa D’água, neste final de semana, sábado (27) e domingo (28). A programação inclui atividades de esporte e lazer, em torneios e concursos de beleza. A comunidade da Área de Proteção Ambiental (APA) Algodoal-Maiandeua, município de Maracanã, nordeste do Pará, organiza o evento, com patrocínio e apoio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente.

Durante o fim de semana, acontecerão torneios esportivos de vôlei, futebol, basquete, e capoeira, além de competição de queimada e concursos de miss, mister e miss gay da APA, com distribuição de troféus e brindes. No festival também acontecerá o concurso de pipa ecológica, que premiará a mais criativa construída com tema ambiental e material reciclável.  O objetivo da programação é integrar o turista com a comunidade e incentivar o lazer consciente. As inscrições poderão ser feitas no local.

Marcelo Souza, educador físico e idealizador do projeto, acredita que o esporte contribui para a educação, aumento da autoestima, senso de coletividade e cooperação, bem como para a socialização entre os familiares. “Penso que o esporte tem função de elo integrador. Há milênios ocupa lugar de destaque na sociedade, conseguindo juntar povos e nações do mundo inteiro e por acreditar na força do esporte estamos unidos neste novo desafio”, explica.

O projeto “Lazer Consciente”, promovido pela Sema na ilha desde o dia 18 de julho, e o Fest Algodoal estarão atuando em conjunto neste evento ecológico, desportivo e cultural. Os dois projetos objetivam despertar e estimular em comunitários e turistas o hábito saudável da prática de esportes, e ainda oferecer mais uma opção de lazer, recreação e cultura durante esse veraneio 2013.

 Uma das ações do Lazer Consciente é a troca consciente, que estimula a cidadania do turista. Agentes ambientais da APA circulam pela ilha conversando com os visitantes e distribuindo folders e cartilhas educativas, para conscientizar o turista a guardar o lixo que ele consumir para trocar por brindes. Garrafas pet, de vidro, latinhas e outros materiais recicláveis, que iriam poluir a ilha são trocados por garrafas ecológicas squeeze, passeios e outros brindes. A conscientização também está sendo feita junto aos donos de bares, pousadas e restaurantes.

 Windcar – A novidade apresentada este ano é o passeio de Windcar, veículo movido à vela e três rodas impulsionado pela força do vento. Esse transporte ecologicamente correto chega a atingir a velocidade de 70 km/h. O turista pode ganhar o passeio pelas praias da ilha durante a troca consciente.

 A Sema também está apoiando a ação do Grupo Bicho d’água do Museu Paraense Emílio Goeldi, patrocinado pela Petrobras ambiental na implantação de placas de sinalização turística, para melhorar a infraestrutura de apoio aos turistas que visitam a ilha, divulgar os pontos turísticos e ainda fornecer informações sobre a fauna do local, como, por exemplo, os botos, sempre visualizados nas proximidades da APA.

 Consciência – Gerente da APA, Adriana Maués, informa que o projeto lazer consciente acontece desde 2008, conscientizando os turistas de que eles estão entrando em uma Área de Proteção Ambiental e, por isso, é preciso uma postura ainda mais sustentável e preocupada com a conservação ambiental. “O visitante já tem que ir com uma percepção de comportamento diferenciado, uma consciência ambiental maior, pensando em se divertir, mas sem destruir os ecossistemas existentes na ilha”, ressalta.

 O local também é área de desova das tartarugas marinhas e habitat de botos e outros animais, por isso é importante que o visitante se conscientize da necessidade de não jogar lixo no chão, principalmente baganas de cigarro, anéis de latinha e outros objetos pequenos, que são as principais causas de morte das tartarugas que tentam se alimentar desse lixo.

 Ascom Sema

(91) 3184 3341

 

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará