Conselheiros tomam posse em Unidades de Conservação de Proteção Integral

      renataredi  

Belém, 20/6/13 – A posse dos conselhos consultivos da Estação Ecológica do Grão Pará e da Reserva Biológica Maicuru aconteceu em Santarém, nesta quarta-feira (19). O evento contou com a participação dos representantes da sociedade civil e de órgãos públicos de instituições componentes dos dois conselhos gestores. Também foi discutido e aprovado o regimento interno dos conselhos, na primeira reunião ordinária. Essas Unidades de Conservação de Proteção Integral são áreas destinadas à preservação da natureza, sendo admitido apenas o uso indireto de seus recursos naturais.

Estação Ecológica (Esec) é destinada à preservação da natureza e realização deestudos científicos. São permitidas mudanças no ambiente, desde que seja para recuperação ou preservação. Estudoscientíficos de maior impacto só podem ser feitos em áreas correspondentes a 3% do total da Unidade dentro do limite de 1.500hectares. Só é permitida a visitação pública com objetivo educacional, de acordo com o Plano de Manejo da Unidade de Conservação – zoneamento que determina os usos e atividades de conservação e fiscalização de cada área da UC.

 Reserva Biológica é dedicada à preservação total do conjunto de animais, vegetais e outras formas de vida que habitam a área, bem como das características naturais (cavernas, belezas cênicas, sítios arqueológicos) existentes em seus limites. Só é permitida a interferência direta do homem para recuperação e preservação da área e suas formas de vida. É autorizada a visitação pública somente com o objetivo educacional, de acordo com o Plano de Manejo da Unidade de Conservação, e a pesquisa científica somente em casos especiais.

 A criação de Unidades de Conservação de Proteção integral serve para preservação da biodiversidade, dos recursos hídricos, das belezas cênicas e dos sítios históricos e arqueológicos; na geração de oportunidade de desenvolvimento de atividades de pesquisa científica; benefícios sociais e econômicos para as populações tradicionais e população dos municípios; evitar a ocupação ilegal de terras públicas (grilagem); e ajudar a amenizar os efeitos do aquecimento global.

 Grão-Pará – A Estação Ecológica (Esec) do Grão-Pará é uma unidade de conservação da natureza que priva pela preservação da natureza e pela realização de pesquisas científicas. Sob responsabilidade administrativa da Secretaria de Estado de Meio Ambiente do Pará (Sema), e criada no ano de 2006 com aproximadamente 4,2 milhões ha, a Unidade fica localizada à margem esquerda do Rio Amazonas no oeste do Estado do Pará, região conhecida como Calha Norte paraense e abrange os municípios de Oriximiná, Óbidos, Alenquer e Monte Alegre. Na Esec do Grão-Pará é possível encontrar espécies de animais exclusivas da região. Na unidade, por exemplo, estão registradas 62 espécies de anfíbios e 68 de répteis.

 Maicuru – A Reserva Biológica (Rebio) Maicuru foi criada em 2006 pelo Governo do Estado do Pará (Decreto Estadual n° 2610 de 04/12/2006) com o objetivo de preservar os ecossistemas naturais existentes e contribuir para a manutenção dos serviços ambientais e recargas de aquíferos, possibilitando a realização de pesquisas científicas, o desenvolvimento de atividades controladas de educação ambiental, bem como a preservação integral da biota e dos demais atributos naturais existentes em seus limites.

A Rebio Maicuru possui uma área de 1.151.760,95ha (um milhão, cento e cinquenta e um mil, setecentos e sessenta hectares e noventa e cinco centiares), sendo 1.088.163,77ha – 94,5% localizados no município de Almeirim e 63.597,18ha– 5,5%, no município de Monte Alegre. Abriga uma considerável diversidade ecossistêmica, representada pelos diferentes tipos de vegetação, classes de relevo e espécies raras.

 Ascom Sema

 (091)3184 3341

 

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará