Criação de Unidades de Conservação em Juruti foca no desenvolvimento sustentável

Belém, 07/6/13 – A criação de áreas protegidas no estado do Pará é uma das principais ferramentas utilizadas na preservação e conservação dos recursos naturais. Para que essas áreas contribuam para o desenvolvimento sustentável dos municípios e das comunidades locais,  a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), por meio das Gerências de Meio Físico e Socioeconômica, da Coordenadoria de Ecossistemas, com o apoio do Instituto de Desenvolvimento Florestal (Ideflor), desenvolveu atividades no município de Juruti em parceria com a prefeitura, para a criação de novas áreas protegidas.

Prefeitura, Alcoa Alumínio, e representantes da colônia de pesca e de comunidades locais reuniram-se com foco na busca de apoio e parcerias para os projetos de criação de Unidades de Conservação (UCs) na região do Mamuru e Municipal, nos lagos Mole, Piranhas e Jará, no município de Juruti.

As atividades dessa etapa foram finalizadas após ações de campo na identificação de possíveis ocupações e conflitos nessas áreas – como madeireiros e fazendeiros ilegais – além de reuniões com a Fundação Nacional dos Índios (Funai) em Parintins (AM), com comunidades tradicionais e indígenas existentes na área de influência da Unidade de Conservação do Mamuru, ainda em estudo.

A proposta de criação da UC estadual localizada na divisa com o estado do Amazonas, conta com o apoio do Programa Áreas Protegidas da Amazônia (Arpa), do governo federal, e tem previsão para realização da consulta pública no segundo semestre de 2013. As UCs municipais devem ter seus estudos iniciados ainda este ano, após a formalização de parceira entre estado e prefeitura municipal.

 

Ascom Sema

(91) 3184 3341

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará