Seminário debate soluções para o Cadastro Ambiental Rural em ilhas do Pará

FOTO CAR REDIII

Belém, 03/6/13 – Identificar os entraves que dificultam a execução do Cadastro Ambiental Rural (CAR) em ilhas e várzeas do Estado do Pará, com definição de soluções técnicas e metodológicas para o início do processo de regularização ambiental, foi o foco do I Seminário sobre Cadastro Ambiental (CAR) em Ilhas, realizado no Parque Estadual do Utinga pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), por meio da Coordenadoria de Ordenamento Ambiental e da Gerência de Planejamento Ambiental.

O Estado do Pará é pioneiro na implementação do CAR. Este instrumento de regularização ambiental permite acesso a políticas públicas, como a concessão de crédito rural, a dispensa de licenciamento e a comercialização da produção. Estima-se que mais de 50 mil famílias serão contempladas: formadas principalmente por ribeirinhos, agricultores familiares, extrativistas, entre outros.

O coordenador de ordenamento ambiental, da Sema, Yvens Cordeiro, citou como exemplo as regiões do Baixo Amazonas e do Marajó, que apresentam regimes de inundações diferenciadas. “Para isto é necessário que a Sema junto com os parceiros possam definir metodologias específicas para elaboração de CAR nestas áreas”, explicou.

Também participaram do Seminário, representantes da Superintendência do Patrimônio da União no Estado do Pará (SPU/PA), Instituto de Terras do Pará (Iterpa), Instituto Nacional de Colonização e reforma Agrária (Incra), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do estado do Pará (Emater), The Nature Conservancy (TNC), Programa Municípios Verdes – PMV, Instituto do Homem e meio Ambiente da Amazônia (Imazon) e Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santarém.

 

Ascom Sema

(91) 3184 3341

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará