Projeto de Educação Ambiental acelera descentralização

Belém – (26/03/2013) – Um projeto criado por técnicos da Coordenadoria de Capacitação e Educação Ambiental (Ceam) da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) irá acelerar o processo de descentralização nos municípios paraenses.

O projeto “A Educação Ambiental como Instrumento Estratégico no Processo de Habilitação e descentralização da Gestão Ambiental no Pará” foi concebido por técnicos de Educação Ambiental baseados na premissa de que municípios equipados com bons educadores têm mais chance de realizar a gestão independente.

Segundo a técnica da Sema, a pedagoga Graciete Nogueira, o projeto nasceu da necessidade percebida nas visitas às Secretarias Municipais. “Notamos que a Educação Ambiental não era pauta prioritária da gestão ambiental, pois as ações eram desenvolvidas de forma pontual e não sistemática”, explicou.

Recentemente, a equipe técnica esteve nos município de Juruti, oeste do Pará e em Portel, mesorregião do Marajó, para traçar um diagnóstico sobre a Educação Ambiental nos locais e apresentar o projeto aos gestores municipais. Os municípios foram escolhidos porque estão em processo de descentralização e precisam se fortalecer para que possam ter autonomia nas questões ambientais.

Durante as visitas, os técnicos puderam observar os pontos fortes como a parceria com o município, a construção de uma “sala verde” e campanhas educativas. Também investigaram os pontos limitadores das atividades, tais como escassa produção de material para as atividades de sensibilização nas escolas e ausência de técnicos capacitados em áreas específicas. Apesar de constatadas ações de educação ambiental em ambos os municípios, ainda faltam corpo técnico especializado, capacitação em Meio Ambiente e infraestrutura adequada para as atividades.

Ao todo, foram 47 municípios paraenses diagnosticados. A equipe fez um levantamento geral e depois outro, individualizado, de tópicos como fatores limitadores, pontos positivos e estratégias para a melhoria da atividade. Este embasamento serviu para que os técnicos pudessem elaborar um Plano de Trabalho para cada município, que será posto em um segundo momento.

A Sema também fará Seminários com todos os envolvidos e uma plenária, em que serão discutidos todos os pontos críticos. O retorno para a 2º etapa está agendado para abril.

A educação ambiental é um instrumento estratégico no processo de habilitação e descentralização da gestão ambiental.

 

Ascom Sema

(91) 31843341

 

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará