Servidores participam de 1º Treinamento do Geocatálogo

Belém – (22/03/2013) – Depois da implantação do Geocatálogo, em fevereiro deste ano, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) reuniu servidores de todas as diretorias para o 1º treinamento do sistema. A reunião ocorreu nesta sexta-feira, 22, e foi ministrada pela Santiago & Cintra, consultoria contratada pela Sema para fornecer a qualificação profissional.

 O Geocatálogo é um sistema de disponibilização de dados via web, que captura imagens com extrema precisão e permite o acesso simultâneo de usuários e de diversas aplicações. O grande diferencial do sistema é que ele opera com cinco satélites e consegue gerar imagens com incidência máxima de 20% de nuvens. “Sua aplicabilidade na análise temporal é bastante eficaz, o que ajudará a meteorologia, licenciamento ambiental, monitoramento e fiscalização, já que hoje a cobertura das nuvens atrapalha o reconhecimento da área”, explicou o coordenador do Núcleo de Geotecnologias (Geotec) da Sema, Vicente de Paula.

Segundo Vicente, o Geocatálogo vai atender, principalmente, o Programa de Descentralização da Gestão Ambiental, pois terá um banco de dados disponíveis para todos os usuários cadastrados, que poderão acessar diversas aplicações simultaneamente. “As imagens são em alta resolução e serão compartilhadas de forma segura, já que o próprio sistema automonitora o download para evitar que as imagens sejam vazadas”, disse. Os usuários serão servidores da Sema, das Unidades Regionais e parceiros.

Além das imagens, a Sema adquiriu softwares de geoprocessamento de alta tecnologia, capazes de realizar a classificação de imagens essenciais para o mapeamento do uso do solo, monitoramento e desmatamento. Uma das ferramentas adquiridas é o Erdas Apollo, oriundo de uma família de softwares utilizado pelas Forças Armadas americana.

Com a aquisição do Geocatálogo, o Estado terá uma mudança considerável na agricultura, pecuária e mineração. Também será ferramenta indispensável para o Cadastro Ambiental Rural (CAR), pois consegue detectar especificidades da área como o plantio, o pasto e até a presença humana. Após o treinamento, os técnicos estarão aptos a uma análise mais automatizada, que irá melhorar os laudos técnicos, assim, a elaboração de dados obtidos nas propriedades cadastradas terá um mapeamento mais preciso, o que irá colaborar para o ordenamento ambiental.

Em 2012, os técnicos foram capacitados no sistema Erdas Imagine, que viabiliza o tratamento e processamento de imagens de satélite de alta resolução. Em abril, o treinamento do Geocatálogo será ofertado para as Unidades Regionalizadas (Ures) da Sema.

 

Ascom Sema

(91)31843341

 

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará