Sema fecha parceria com Hemopa para captação de doadores na instituição

Uma reunião com representantes da Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa) sobre captação de doadores em instituição pública reuniu servidores no auditório da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), nesta sexta-feira, 25.

A Gerência de Treinamento e Desenvolvimento (GTD) do órgão firmou uma parceria com o Hemopa para que houvesse um incentivo interno à doação. “O servidor público deve ser um exemplo à sociedade civil de solidariedade e cidadania“, considerou a gerente da GTD, Regina Magno.

Segundo o Hemopa, para uma cidade estar com o estoque em dia, 5% da população deverá ser doadora. “Em Belém, apenas 1,7% da população pratica a doação de sangue, o que dificulta pra nós, pois recebemos por dia 300 solicitações de bolsas de sangue das redes pública e privada”, explicou a assistente social do Hemopa, Olinda Carvalho.

Os servidores fizeram o “Hemotur”, conheceram, por meio de slides, todo o processo de doação, da fase da triagem à coleta. Muitos mitos foram esclarecidos como contaminação de doador, doação em jejum e anemia. Alguns servidores, que costumam viajar para regiões consideradas endêmicas, tiraram dúvidas sobre o espaço de tempo necessário para a doação.

A previsão para a ação na Sema será depois do carnaval, período característico por ter uma baixa de doadores. A campanha será estendida para a comunidade do entorno.
Os critérios para a doação de sangue são: ser saudável, ter de 16 a 67 anos, peso mínimo de 50kg, portar um documento de identidade com foto e estar alimentado. Os menores de 18 anos deverão estar acompanhados por um responsável.
Homens poderão realizar quatro doações por ano e mulheres até três.

Ascom Sema
(91) 31843341

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará