Educação ambiental incentiva conservação do Parque Estadual Monte Alegre

Belém, 27/11/12 –  Para ressaltar a importância de proteger, valorizar e manter os recursos naturais, as comunidades de Santana e Maxirazinho participaram da atividade de Conservação e Manutenção do Parque Estadual Monte Alegre (Pema), dias 22 e 23 de novembro. A ação foi realizada através de palestras ministradas pela bióloga Jarina Castro, com auxílio dos estagiários, Egilvan dos Santos, Liz Castro e Rodrigo Araquem. O primeiro dia da programação aconteceu na escola da comunidade de Santana e reuniu também os comunitários de Paytuna e Lages. No dia seguinte, as palestras foram destinadas aos moradores de Maxirazinho, Maxirá e Ererê.

Na comunidade de Santana, os comunitários e alunos participaram atentos às informações repassadas, declarando seus pontos de vista na condição de principais contribuintes para a conservação do Pema. A bióloga Jarina Castro enfatizou que as crianças obtiveram muitas informações sobre as formas de conservação do Pema. “Durante todas as atividades ocorridas, os estudantes mostraram entusiasmo e satisfação. Isso para mim é muito gratificante”, ressaltou.

Na comunidade de Maxirazinho, comunitários estiveram presentes, mas a maioria do público era formada por estudantes. “Os alunos sempre me perguntam quando será a próxima atividade da Jarina aqui e sempre se mostram empolgados”, disse o professor Jorge Luís, da Escola de Maxirazinho,
 
As atividades desenvolvidas durante o ano foram voltadas, na maior parte, para as crianças. “A educação ambiental é importante, principalmente para as crianças que moram próximas de uma unidade de conservação. A gerente do Pema, Patrícia Messias, sempre nos incentiva nas atividades. Ela destaca que sempre devemos trabalhar em parceria”, afirma Jarina Castro.

Fonte: Diap/CUC

Ascom Sema
(91) 3184 3341.

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará