Pesquisas com escavações descobrem novos sítios arqueológicos em Monte Alegre

Belém, 20/11/12 – Em pesquisas recentes, o Museu Paraense Emílio Goeldi (Mpeg) junto a Universidade Federal de Minas Gerais e a Universidade de São Paulo (USP) descobriram 19 novos sítios arqueológicos na parte baixa do Parque Estadual Monte Alegre (Pema), no oeste do Pará. O trabalho realizado pelos estudiosos destas instituições tem o apoio da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), para complementar os estudos sobre a região e encontrar peças de cerâmicas.

Em decorrência destas novas informações e visando uma melhor capacitação do grupo de condutores aos atrativos naturais locais, desenvolvida pela Sema, ocorreu no início de novembro, uma aula de arqueologia ministrada pela arqueóloga Edithe Pereira, do Mpeg.  O principal objetivo era capacitar os guias, das comunidades do Ererê, Santana e Paytuna, com o maior número possível de informações sobre a história do Pema..

A equipe da Sema composta por Joyce Carla e Rodrigo Araquem, a turismóloga da Escola Tecnológica do Pará, Rafaela Leite e Ângela Kaxuyana do Instituto Peabiru, esteve em pontos só abertos à visitação pública com a prévia autorização da gerência do Parque Estadual Monte Alegre e Área de Preservação Ambiental (APA) Payatuna.

Segundo a arqueóloga Edithe Pereira, o grupo que estava presente para a aula de escavação era numeroso e foi dividido em dois. O primeiro grupo era composto pelos guias e o outro formado pelos representantes das instituições. “No local, havia pinturas rupestres descobertas há pouco tempo e um pequeno buraco feito pelos arqueólogos, onde foram extraídas algumas peças de cerâmica. As artes estavam visivelmente cobertas por cupim e algumas estavam um pouco apagadas devido a água da chuva”, explica.

Ascom Sema
(91) 3184 3341

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará