Grande participação dos servidores da Sema na Semana da Saúde

Belém (27/9/2012) – Mudança de hábito. Esta foi a palavra de ordem nas ações da Semana da Saúde ocorrida na Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), de 25 a 27 deste mês, para a prevenção de doenças crônicas ocasionadas pela modernidade.  Depois da palestra “Qual o impacto do estilo de vida na promoção da saúde?”, ministrada pela médica do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Maria Aparecida Santos, os servidores ficaram conscientes dos cuidados a terem com a saúde. “Heranças genéticas são irremovíveis, mas os hábitos são passíveis de modificar. Para se chegar à terceira idade com autonomia, independência e mobilidade, é preciso cuidar do estilo de vida agora”, explicou a médica.

A iniciativa da Coordenação de Gestão de Pessoas (CGP) e da Gerência de Treinamento e Desenvolvimento (GTD) da Sema para promoção da saúde e bem – estar do servidor incluiu orientações para uma alimentação saudável, prática de exercícios físicos, moderação no consumo de bebidas alcoólicas, vida longe do tabagismo e do estresse. O assessor de controle interno Olivar Moura lembrou que o bom humor é um grande aliado na batalha contra o estresse. ”Você não é só o que come, mas também o que pensa”, declarou.

Depois do lanche saudável, o endocrinologista da Casa do Diabético, Francisco Pedrosa Gomes, teve um bate-papo descontraído sobre diabetes e hipertensão arterial. A conversa serviu para esclarecer os sintomas e ainda mostrar os avanços na possível cura do diabetes. “Estamos realizando um experimento com óleo de dendê. Até agora os resultados têm sido satisfatórios”, revelou.

Para afastar as doenças comuns à rotina de trabalho, proveniente de movimentos repetitivos, os servidores da Sema participaram da “Oficina da Coluna” e aprenderam técnicas de ginástica laboral. Os exercícios, de fácil execução, ensinados por terapeutas ocupacionais, evitam os vícios de postura e doenças como Distúrbio Osteo-muscular Relacionado ao Trabalho (Dort) e Lesão por Esforço Repetitivo (LER).

Mulher – Um dos dias da Semana da Saúde foi inteiramente dedicado às servidoras. A mastologista e ginecologista do Hospital das Clínicas (HC), Laíses Braga, ministrou a palestra “Prevenção à saúde da mulher”. O auditório lotado ouviu com atenção os cuidados femininos desde a tenra idade até a maturidade. A médica também ensinou a fazer o auto-exame mensal nas mamas e estimulou a ocupação intelectual em todas as faixas etárias. “A chegada do climatério e a posterior senilidade funcional não devem ser motivos para que a mulher pare de se cuidar, é importante ter consciência de que não se morre socialmente quando se deixa de procriar, ao contrário, a idade só torna a mulher ainda mais mulher”, sentenciou.

Números – 70 servidores se submeteram ao exame de verificação da taxa de glicose. Os servidores que apresentaram taxas limítrofes ou altas de açúcar no sangue foram aconselhados a procurar um especialista. Durante a Semana da Saúde, a faculdade Ypiranga disponibilizou 15 profissionais que realizaram 13 cortes de cabelos, 17 tranças e 20 massagens relaxantes nos servidores.

Ascom Sema
(91) 3184 3341

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará