APA do Combu recebe oficina de Democratização da Ciência

Belém (17/08/11) – O primeiro passo para a melhoria da qualidade de vida nas ilhas do entorno de Belém já foi dado nesta semana, com a oficina Democratização da Ciência – Embrapa na escola: Ilhas focadas na Sustentabilidade. A capacitação foi realizada pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) em parceria com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec).

 

Destinada a professores de Educação Infantil e Ensino Fundamental de Unidades Pedagógicas (UPs),  a oficina buscou capacitá-los sobre a ótica de sustentabilidade ensinada na disciplina Educação Ambiental. Com esse conhecimento, o Estado espera a melhoria da qualidade de vida das comunidades nas ilhas no entorno de Belém, já que são compostas por extensas áreas de fragmentos florestais.

 

 

Os educadores de São Benedito, Combu e Santo Antônio poderão atuar na formação de jovens moradores na Área de Proteção Ambiental da Ilha do Combu e demais ilhas no entorno da capital paraense.

 

A Ilha do Combu está à distância de 1,5 km ao sul da cidade de Belém, à margem esqueda do rio Guamá. Sua população é parte integrante da chamada comunidade ribeirinha, e está constituída por quatro agrupamentos: Comunidade do Combú; Centro Comunitário Santo Antonio; Associação dos Moradores do Furo São Benedito a preservar e a Comunidade Beira Rio. Ao todo, estima-se que a população seja de 1200 habitantes, cerca de 200 famílias, e compreende aproximadamente 1500 hectares de área.

 

Ascom Sema

 

(91) 3184-3332

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará