Terminal fluvial da Cargill é apresentado em audiência pública em Alenquer

Alenquer (03811) – Pela terceira vez, em menos de dois anos, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) realizou audiência pública para apresentar e discutir a regularização do Terminal Fluvial de grãos da Cargill, que funciona em Santarém, Oeste do Pará. Nesta quarta-feira, 3, cerca de 700 pessoas, entre representantes sociais e comunitários, autoridades das três esferas do poder, e estudantes estiveram presentes.

 

Na abertura da reunião, conduzida pelo diretor de Licenciamento Ambiental da Sema, em exercício, Ronaldo Lima, o secretário especial de produção Sidney Rosa, que representou o Governador Simão Jatene, falou dos interesses do Estado em investir na área rural, na geração de emprego e renda para a região. Na sequência, o prefeito municipal João Piloto também se pronunciou, falando da adesão de Alenquer ao Programa Estadual Munícípios Verdes, uma vez que o município, segundo afirmou, tem vocação agrícola.

 

 

A apresentação do Relatório de Impacto Ambiental do Terminal Fluvial de Granéis Sólidos da Cargill foi feita pela coordenadora técnica dos estudos ambientais da empresa, Ione Jesser. Dentre os itens enfatizados estavam as causas do desmatamento, que segundo o RIMA da empresa, não tem como principal motivador o plantio de soja. Jesser também destacou os impactos  positivos do funcionamento do empreendimento. A geração de emprego, os programas de apoio ao agricultor, inclusive para as áreas de influência indireta da Cargill, melhoramento de estradas e ramais, além de um canal de escoamento de produtos agrícolas.

 

Na avaliação da coordenadora, a implantação do terminal é compatível com a navegação regional. Ela afirma que todos os estudos foram feitos com o rigor exigido pela legislação, utilizando dados oficiais da região e coletados também em campo. “Impactos positivos e negativos foram levantados. Nosso EIA (Estudo de Impacto Ambiental) é consistente, portanto, o terminal é ambientalmente viável”, garantiu.

 

A Audiência Pública teve o intuito de debater, divulgar e colher opiniões acerca do projeto. Essas contribuições serão reunidas e anexadas no processo de licenciamento em análise na Sema. Depois dessa avaliação, a Sema emitirá parecer conclusivo referente à regularização e expansão do Terminal Graneleiro. O Terminal foi construído para escoar parte da soja adquirida pela Cargill na região centro-oeste do país. Anualmente, 2,3% da produção brasileira (quase um milhão de toneladas) são embarcados nas instalações da empresa.

 

Ascom Sema

(91) 3184-3332

 

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará