Blitz ambiental mobiliza veranistas em Ajuruteua

Belém (27/07/11) – Técnicos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), em parceria com a Fundação Curro Velho, mobilizaram transeuntes e motoristas com dicas de educação ambiental em Ajuruteua, Bragança. A idéia era atingir o público ainda na calçada, antes mesmo de chegar à praia.
 
A Blitz Ambiental foi uma das atividades do Projeto Ação Verão 2011, realizado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) nos balneários que mais atraem turistas em julho. Ednéia Gonçalves, motociclista, ficou surpresa com a blitz. “Não esperava receber essas instruções sobre como conservar a praia, o bom é que sei que posso curtir sem destruir”, disse.
 
A barraca da Sema recebeu vários veranistas interessados nas dicas de conservação. Fábio de Assis, contabilista, comparou à Ação Verão ao controle rígido de limpeza de praia realizado em Caruaru, Pernambuco, em que os barraqueiros se sentem na obrigação de recolher o lixo dos clientes. “Lá, se você compra uma latinha de cerveja, o proprietário da barraca se responsabiliza pelo descarte dela”, explicou.
 
Além da distribuição de cartilhas e sacolas para o acondicionamento correto do lixo, os técnicos realizaram oficinas com as crianças na praia. Doraci Lopes, técnica da Sema, acredita no potencial dos pequenos veranistas. “Eles são mais dispostos a aprender e viram multiplicadores da ação. O que aprendem aqui levam adiante”.
 
As crianças realizaram pinturas com temática ambiental e depois expuseram os desenhos nos bares participantes da gincana ecológica. O lúdico misturado à reflexão fez com que muitos pais se dirigissem à barraca da Sema levando seus filhos. David Matos, técnico do Curro Velho, acredita que as crianças foram os principais parceiros da Ação Verão. “Eles são os futuros adultos e, se conscientizados agora, atuarão em prol do meio ambiente mais tarde, com toda certeza”, acredita.
A garotinha Stephany Pereira, 11 anos, moradora de Belém, aprovou a oficina. “Não é sempre que alguém quer explicar a uma criança o que é certo ou errado. E aqui a gente aprendeu brincando”, endossou.
 
Troca consciente – veranistas participaram de uma dinâmica na praia. Em um mutirão improvisado, reuniram latinhas de alumínio e garrafas pets e trocaram por kits ambientais na barraca da Sema. Daniel de Amorim, funcionário da barraca Sol e Mar, arrecadou 3 sacos cheios de garrafa pet. “A questão aqui nem é tanto ganhar o kit, mas a vontade de manter a praia limpa. As pessoas jogam o lixo e depois só sobra pra gente, que vive da renda da praia. Se ela estiver suja, o local perde a beleza e a gente, os clientes”, resumiu.
 
Ascom Sema
(91) 3184-3332
Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará