Três instituições beneficentes recebem doações da Sema

Belém (13/07/11) – Creche Lar Cordeirinhos de Deus, Casa da Esperança e Centro Educacional Neo-humanista Ananda Marga foram as três instituições beneficentes da capital e região metropolitana, que receberam doações ontem e hoje, 13, dos mais de 3,8 mil itens de alimentos não perecíveis arrecadados pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) do Pará, durante a festa junina solidária do órgão ambiental.
 
As instituições foram escolhidas pelas diretorias da Sema que mais arrecadaram alimentos na véspera do Arraial. Os misters e misses vencedores da festa, técnicos de vários setores da Sema e a coordenadoria de Gestão de Pessoal da Sema acompanharam a entrega que levou alegria a centenas de crianças, adolescentes e adultos desses lugares.“Agradeço a Deus e a vocês pelos alimentos, que vão suprir as necessidades não só das 167 crianças da creche, mais das 45 abrigadas, e ainda dos voluntários daqui”, disse a fundadora e diretora do estabelecimento, Noemi Rodrigues.
 
A criação, há cinco anos, do Lar Cordeirinhos de Deus, foi possível com a cessão do prédio onde estão até hoje, pelo Estado, no primeiro mandato do governador Simão Jatene. Dona Noemi cuidava de crianças no Ver-o-Peso levando roupa e comida para elas, quando o governo ofereceu o espaço para que ela ampliasse seu trabalho. Desde então, muitas pessoas passam pelo local e ajudam como podem, com doação de alimentos, roupas, material de higiene, e por meio de recursos financeiros para pagar a luz do local e atender a outras necessidades básicas da instituição, que funciona 24 horas.
 
Casa da Esperança – Uma fundação em Ananindeua, que funciona desde 2007, a Casa da Esperança, especializada no atendimento de autistas também recebeu vários quilos de alimentos, que servirão para os lanches diários dos pacientes e voluntários do local. Na instituição, em que todos trabalham sem receber qualquer valor monetário, 79 crianças são atendidas em dois turnos, por pedagogos, terapeutas e psicólogos. O diagnóstico, entretanto, só é feito pela fundadora do projeto, uma psiquiatra de Fortaleza, onde funciona a sede da Casa.
 
Única fundação no Pará especializada em transtorno do Espectro do Autismo, a Casa da Esperança vive de doações, e do apoio dos pais, cujos filhos e parentes seão tratados no local. Um convênio com a Secretaria de Saúde de Ananindeua permite que algumas necessidades sejam atendidas, mas ainda não é suficiente para o número de pessoas que precisa de tratamento: há uma lista de 177 pessoas na espera. “Muita gente vem do interior para fazer diagnóstico aqui, porque não há outro no Pará. E só contamos com doações para manter este lugar, que não fosse por essas ajudas, já teria fechado há muito tempo”, conta o coordenador técnico João Paulo Nobre.
 
Cenhamar – O Centro Educacional Neo-humanista Ananda Marga teve mais um dia especial oportunizado pela Sema. O primeiro, em um Natal há três anos, ficou marcado na memória das comunidades que ficam no entorno da instituição, e que receberam brinquedos e cestas básicas do órgão estadual na época. Desta vez, uma significativa quantidade de alimentos poderá ser estocada para o semestre inteiro. Os lanches para as mais de 50 crianças atendidas no local poderão ser mais consistentes e freqüentes, conforme explica a coordenadora do Projeto, Lúcia Rodrigues. “Vamos ter merenda para os alunos por um bom tempo, e as famílias também poderão receber cestas básicas”, comemora Lúcia, que trabalha em parceria com o monge africano, naturalizado brasileiro, Dada Nirvedananda.
 
O monge, há 12 anos no Pará, fundou na região metropolitana o Centro, que já existe desde 1955 na Índia. O foco é o ensino da yoga para qualquer pessoa, e entre os trabalhos desenvolvidos está o de ação social, departamento intitulado de Amut, que é a escola para crianças de 3 a 5 anos.  
 
Na avaliação da coordenadora de Gestão de Pessoas, Edielen Lopes, a entrega dos alimentos fechou com chave de ouro o evento junino da Sema, realizado no 1º dia de julho. “Ficamos felizes com o resultado, e a sensação que fica é de que precisamos fazer mais coisas desse nível. Temos que envolver os servidores nisso, porque além de nos divertirmos, veja quantas crianças ajudamos!”, comemora.
 
Saiba como ajudar essas instituições
 
Cordeirinhos de Deuswww.crechecordeirinhosdedeus.blogspot.com
Responsável: Noemi Rodrigues
Telefone: (91) 3249-7376/8831-3163
 
Casa da Esperançawww.casadaesperanca.tk
Responsável: João Paulo Nobre
Telefone: (91) 3237-7985 – joaopaulonobre@gmail.com / eugenioleao@gmail.com
 
Cenhamar – 12ª Travessa do Santana do Aurá – Alam. Moara, nº03 – Águas Lindas – Ananindeua – Pará
Responsável: Dada Nirvedananda e Lúcia Rodrigues
Telefone: (91) 3237-5307/3277-0388
 
Ascom Sema
(91) 3184-3332
Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará