Universidade de São Paulo apresenta diagnóstico para gestão dos recursos hídricos

11/02/11 – A abundância de água na região amazônica e as crescentes demandas para os diversos usos e ofertas de serviços são os atuais desafios do poder público para a gestão integrada dos recursos hídricos no estado do Pará.

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), por meio da Diretoria de Recursos Hídricos, vem articulando ações em diversas frentes para identificar, estruturar, licenciar e qualificar os serviços públicos para a gestão hídrica e, com este objetivo, participou do projeto ‘Estudo para diagnóstico de demanda e oferta de capacitação e extensão tecnológica para a gestão dos recursos hídricos nas cinco regiões administrativas do país’.

O projeto do estudo é do Departamento de Engenharia de Biossistemas da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da Universidade de São Paulo (Esalq/USP), e é coordenado pelo Prof. Marcos Vinícius Folegatti, com apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico (CNPq), da Agência Nacional de Águas (ANA), da Secretaria de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e do Ministério da Educação (MEC).

O diagnóstico teve como foco principal conhecer as demandas e as ofertas por capacitação em Gestão Integrada dos Recursos Hídricos (GIRH) no Brasil e, com estes resultados, propor o formato de uma rede nacional voltada à oferta de subsídios ao aperfeiçoamento profissional e à formação de novas competências nesta temática, a Rede Yara.

As pesquisadoras da USP, Natassia Vidas e Raquel Izidoro, apresentaram os resultados do projeto na terça-feira, 8, no auditório da Sema. Elas abordaram as dificuldades relativas à gestão levando em consideração águas Subterrâneas, educação ambiental, utilização e reutilização de águas superficiais, outorgas e licenças, planejamento do uso e ocupação do solo, conservação e proteção dos recursos naturais, saneamento, saúde ambiental, qualidade e quantidade da água, e Plano de bacia.

Ao final da apresentação os participantes, membros do Conselho Estadual de Recursos Hídricos, instituições de ensino superior, entre outros envolvidos com o tema, mostraram interesse em compor a Rede Yara e dar continuidade à identificação e sistematização dos serviços de qualificação para a gestão integrada dos recursos hídricos.

Luiz Otávio Fernandes 

Ascom Sema – 31843332

Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade
Travessa Lomas Valentinas, 2717, CEP: 66093-677. Belém/Pará